COMPARTILHAR
universitario-vive-momento-terrivel-no-inicio-de-temporada-Futebol-Latino-15-03
Foto: Francisco Neyra

Depois de investir e alimentar esperanças de dias melhores em 2017, a situação financeira atual do Universitario atinge mais um sinal de alerta. Talvez, inclusive, o mais intenso de todos os “avisos” que o clube da cidade de Lima tem recebido de que pode passar por um processo de liquidação.

Leia mais: Técnico do Alianza Lima ataca a imprensa peruana após eliminação na Libertadores
Pratto marca, River Plate supera o Santa Fe e se garante nas oitavas

De acordo com um comunicado emitido ontem (3) pela Superintendência Nacional de Administração Tributária do Peru (SUNAT), a U pode entrar em um patamar crítico caso seja rebaixado a segunda divisão nessa temporada. Situação que não seria um absurdo mesmo com a sua grandeza, já que ficou em último lugar no Grupo A do Torneio de Verão.

A justificativa seria de que, na atual divisão de receitas do clube, 80% estão baseados em direitos de transmissão dentro da elite peruana. Além disso, a avaliação da SUNAT prevê que diminuições na bilheteria e receitas já antecipadas dos próximos 14 meses não dão alento para resolver essa situação a médio prazo.

Outro ponto abordado foi a questão do déficit que já apresenta a instituição, atingindo o ponto de 10 milhões de sois (quase R$ 11 milhões) além de gastos referentes a assessoria financeira que chegam quase a R$ 1 milhão e uma “pouca transparência dos seus pressupostos.”

Com todos esses problemas, a SUNAT alerta que o Universitario precisa ficar atento para “cumprir com os regulamentos do Sistema de Licenças da Federação Peruana de Futebol (FPF) para não haver sanções, multas ou a perda de pontos e da licença para participar em torneios nacionais ou internacionais”.