SHARE
Foto: AFP

Polêmico como sempre, Jorge Valdivia voltou a dar as caras na imprensa e soltou o verbo contra Juan Antonio Pizzi, ex-técnico da seleção chilena ao jornal AS. Segundo o atleta, o comandante argentino é o principal responsável pela Roja ficar de fora do Mundial da Rússia.

Leia Mais: Colombiano pode perder a Copa do Mundo por conta de gesto discriminatório
Universidad de Chile sonha em repatriar jogador da seleção

“Eu ouvi um monte sobre o Pizzi, mas ele não me deixou nada taticamente. Ganhou com o Chile? Sim. Foi bem na Copa das Confederações, mas do meu gosto do futebol não deixou nada”, afirmou Valdivia.

“Como pessoa, tenho boa referências de Pizzi. Só que sua atitude como lado humano, eu sinto como uma traição. Estamos fora da Copa. Não sei se ele foi demitido, se ele mesmo renunciou. Isso é muito ruim”, completou.

Rixa Antiga

Não é de hoje que Valdivia e Pizzi não se bicam. Assim que assumiu o comando da seleção chilena, o treinador não convocava El Mago, que reclamava via imprensa sua freqüente ausência nas listas.

Preocupado em não jogar a Copa do Mundo da Rússia, Valdivia optou por regressar ao futebol local e ter mais chances com o comandante. Mesmo com sua volta a seleção, o Mago não ajudou seu país a se classificar e resolveu descascar o ex-treinador na primeira oportunidade que teve.