SHARE
valdivia-e-ligado-a-clube-dos-eua-mas-tecnico-do-chile-pode-emperrar-o-negocio-Futebol-Latino-11-05
Foto: Adil Alnaimi/Al Ittihad

A movimentação do mercado de transferências, com a aproximação da tão temida por uns e desejada por outros janela do meio do ano, vai se intensificando. E o nome da vez nas negociações é o do chileno Jorge Valdivia, meia do Al-Wahda.

Leia mais: Mídia espanhola revela parte da discussão entre Neymar e auxiliar-técnico do Barça
Sporting Cristal tem venda especulada para dois conglomerados empresariais mexicanos

O jogador que tem vínculo com a equipe dos Emirados Árabes até justamente o mês de junho de 2017 parece não ter muito interesse em permanecer no Oriente Médio e tem como possibilidade de mudança de ares a North American Soccer League (NASL), mais precisamente o New York Cosmos.

Essa não seria a primeira vez que a equipe da Grande Maçã tentaria a contratação do “El Mago”, como inclusive confidenciou o atual treinador da equipe, Giovanni Savarese. No entanto, o comandante preferiu não dar maiores pistas sobre em que pé estão as tratativas:

“O Jorge Valdivia nós queríamos há algum tempo, mas não conseguimos fechar. Não descarto agora e nem no futuro. Qualquer técnico gostaria de ter um jogador como ele.”

Como empecilho para que a transação não se conclua existe apenas o receio do próprio Valdivia em relação ao que já disse uma vez o técnico da seleção chilena, Juan Antonio Pizzi, indicando que isso seria “um passo atrás” para a carreira do atleta de 33 anos.

E, certamente, as palavras de Pizzi podem influenciar bastante na decisão do jogador já que, recentemente, o atleta voltou a ser lembrado em convocações para a Roja e não esconde o desejo de ir a Copa do Mundo da Rússia em caso de classificação do Chile nas Eliminatórias.