SHARE
Foto: Divulgação

Em sexto lugar nas Eliminatórias Sul-Americanas, a Argentina corre o sério risco de ficar fora da Copa do Mundo da Rússia. Para garantir pelo menos uma vaga na repescagem, a albiceleste precisa vencer o Equador de qualquer maneira, em Quito. Se empatar, torce por tropeços do Peru e Paraguai. Caso deixe o campo derrotado terá que assistir o Mundial de casa.

Leia Mais: União e apoio: A soma dos peruanos por resultado histórico
Eliminatórias: Brasil ajuda Argentina se vencer Chile

Diante deste cenário, o Futebol Latino listou 5 motivos para o torcedor acreditar na classificação argentina para a Copa do Mundo. Confira abaixo:

1 – Lionel Messi

Sempre cobrado para ter o mesmo desempenho do Barcelona na seleção, o camisa 10 vive um momento positivo na Argentina. Diferentemente de outros jogos, o atleta vem carregando o time nas costas, mas não conta com a ajuda dos companheiros de equipe. Hoje, ele pode ser o ponto-chave para a albiceleste espantar a zebra e carimbar seu passaporte para a Rússia.

2 – Jorge Sampaoli

Com Bauza no comando, a torcida argentina implorava para a AFA ir atrás do treinador que comandava o Sevilla. Após tantos pedidos, Sampaoli desembarcou em Buenos Aires e apesar de não ter conquistado os resultados que todos esperavam, é um dos principais técnicos da atualidade e sua capacidade pode colocar a equipe na Copa.

3 – Torcida

É inegável que a hinchada argentina é uma das mais fanáticas do continente. A paixão pela camisa albiceleste é incrível e seria um pecado não ter ela na Copa do Mundo.

4 – Força da Camisa

Apesar de toda a crise técnica que o selecionado vive, a camisa da Argentina é uma das mais pesadas do mundo. Mesmo com a fragilidade atual, a tradição sempre pesa e ajude pode ajudar a equipe na hora mais decisiva do Qualificatório.

5 – Equador

Após um começo empolgante de Eliminatórias, o Equador caiu muito de rendimento e chega a última rodada sem chances de ir a Copa do Mundo. A última vitória equatoriana na competição aconteceu em novembro de 2016, quando derrotou a Venezuela por 3 a 0.