COMPARTILHAR
Foto: AFP

Grande nome da seleção chilena, o volante Arturo Vidal fez uma análise do fracasso da La Roja nas Eliminatórias, que culminou com a não classificação para a Copa do Mundo da Rússia.

Leia Mais: Olimpia, Táchira e Oriente Petrolero são favoritos na Libertadores
Inter empresta Paulão ao Vasco por duas temporadas

“Nós tivemos duas partidas que não poderíamos falhar (Paraguai e Bolívia), mas pecamos e não conseguimos o resultado. Depois tivemos que decidir com o Brasil fora de casa e por conta do saldo de gols não conseguimos a vaga. Acredito que tivemos azar”, declarou ao jornal Marca.

Vidal também falou sobre a queda de rendimento na reta final de 2017, quando acumulou a frustração da não ida para a Copa e o momento complicado do Bayern de Munique.

“Eu passe por uma fase ruim no fim do ano passado. As coisas não estavam bem no clube, que precisou trocar de técnico e ainda tive que assimilar a tristeza de não classificar para a Copa do Mundo. Acredito que foi o momento mais cruel que passei nos últimos tempos e precisei me concentrar muito para se recuperar”, afirmou.