SHARE
visando-recuperacao-colombia-segue-na-asia-para-enfrentar-china-Futebol-Latino-13-11
Foto: AFP

Seja pelo futebol como pelo resultado, certamente o embate contra a Coreia do Sul que terminou em derrota dos colombianos por 2 a 1 quer ser esquecida pela seleção da Colômbia. E a oportunidade será amanhã quando, às 9h35, os Cafeteros duelarão contra a China em Chongquing.

Leia mais: River Plate e Atlético Tucumán estão na final da Copa Argentina
Santos não é favorito para vencer a Chape na Arena Condá

Equipe que não irá a próxima Copa do Mundo, a nação mais populosa do planeta que é treinada pelo renomado italiano Marcello Lippi vem de uma sequência boa de resultados, tendo apenas derrotas para Irã e Sérvia em uma sequência de seis resultados, contando com outras três vitórias e um empate.

Já os colombianos, em preparação para o Mundial da Rússia, ainda demonstram inconsistências perigosas em seu estilo de jogo principalmente na reta final das Eliminatórias, situação que acabou quase custando a classificação.

Além de ter de lidar com a melhora de desempenho, as últimas atividades do plantel colombiano deram a José Pékerman mais um problema: A baixa de Juan Cuadrado. Sentindo dores musculares, o atleta sequer acompanhou o restante da delegação na ida a China, situação semelhante a do zagueiro Cristian Zapata e de James Rodríguez.

Os dois últimos citados, inclusive, já trataram inclusive de viajar para serem reintegrados aos elencos de Milan e Bayern de Munique, respectivamente, na última sexta-feira (10) após o jogo contra os sul-coreanos.

Última escalação da China (derrota para a Sérvia por 2 a 0 em 10 de novembro): Yan Junling; Li Xuepeng, Zheng Zheng, Feng Xiaoling e Zhang Linpeng; Yin Hongbo, Hao Junmin, Zhao Yuhao e Yu Hanchao; Wu Lei e Gao Lin. Técnico: Marcello Lippi.

Última escalação da Colômbia (derrota para a Coreia do Sul por 2 a 1 em 10 de novembro): Leonardo Castellanos; Stefan Medina, Davinson Sánchez, Cristian Zapata e Willian Tesillo; Abel Aguilar, Giovanni Moreno e Mateus Uribe; James Rodríguez, Avilés Hurtado e Duván Zapata. Técnico: José Pékerman.