Foto: FocoUy

*Denis Santos

Sport Huancayo e Montevideo Wanderers se enfrentaram na noite desta quinta-feira pelo jogo de volta da Primeira Fase da Copa Sul-Americana. A situação dos peruanos era muito difícil, pois tinham que reverter uma diferença de dois gols. Eles até jogaram melhor, mas ficaram no empate por 1 a 1 e estão eliminados do torneio.

Leia Mais: Centurión chega embrigado ao treino do Racing e arranja confusão
Rubert Quijada reclama de punição por protesto na Venezuela

O jogo

Em desvantagem, o Sport Huancayo precisava marcar gols, pois o zero a zero nada interessava. A equipe peruana começou bem a partida e pressionou no início.

As duas melhores oportunidades surgiram em chutes de fora da área. O primeiro foi um arremate de Bazan, que De Arruabarrena fez excelente defesa. A segunda finalização foi executada após bela jogada Lliuya, a bola passou muito próxima do ângulo do goleiro uruguaio.

Tudo indicava que o gol dos donos da casa sairia a qualquer momento, mas não foi isso que aconteceu. O Montevideo Wanderers equilibrou o jogo e até chegou a assustar os peruanos com Albarracin e Bravo, mas faltou capricho na hora da finalização.

No segundo tempo, o Sport Huancayo veio para o tudo ou nada e conseguiu logo de cara o que tanto buscaram na etapa inicial. Ross cruza na medida e Salcedo pega de primeira para abrir o marcador, 1 a 0.

O segundo gol não saiu em seguida por pouco. De Arruabarrena fez grande defesa em lindo chute de Lliuya. Os uruguaios sentiram o gol e a cada ataque dos peruanos era um “Deus nos acuda” na defesa do Wanderers.

O gol do Huancayo estava madurinho e parecia que era apenas questão de tempo para acontecer. Mas o que ocorreu foi justamente o contrário. A defesa bobeou e acabou cometendo um pênalti super infantil. Pastorini foi implacável e não deu nem chance para Eder Hermoza, 1 a 1.

O gol foi um banho de água fria nos peruanos que não tiveram mais forças para buscar o resultado necessário para classificação. O Montevideo Wanderers está na próxima fase