opiniao-fl-chegou-a-hora-de-yerry-mina-se-posicionar-sobre-seu-futuro-Futebol-Latino-05-08
Foto: AFP

A Copa América terminou, mas as tristes ameaças de morte aos jogadores Tesillo e Gabriel Arias continuam em pauta. Chateado pelo ocorrido com o companheiro de seleção, Yerry Mina não poupou criticas aos haters.

Leia Mais: Algoz da Argentina na Copa América é alvo de time na Premier League
Walter Montillo é premiado como melhor jogador na Argentina

Em evento realizado na cidade de Bogotá, o defensor afirmou que na próxima disputa de pênaltis que a Colômbia participar, ele não vai entrar na lista de cobradores.

“É uma grande pessoa (Tesillo), um ótimo jogador, que costuma dar tudo pelo nosso país quando entra em campo. Na véspera da partida, ele bateu cerca de 50 pênaltis e só errou um. Deu o azar na partida, mas entendemos que é do futebol. No meu caso, se tiver outra disputa de pênaltis, não bato, pois se eu errar a minha família vai sofrer com ameaças”, disparou.

Relembre o caso

Nas quartas de final, a Colômbia de Tesillo e Mina encarou o Chile na cidade de São Paulo. Após o empate sem gols, a vaga foi decidida nos pênaltis. O meio-campo Tesillo errou a cobrança e viu o seu país cair de maneira precoce.

Assim que a eliminação foi confirmada, o atleta recebeu inúmeras ameaças através das redes sociais e não volto ao seu país natal.