COMPARTILHAR
Foto: EFE

A história de Yerry Mina no Barcelona ganhou mais um capítulo triste no último fim de semana. Com o título espanhol garantido, o zagueiro colombiano acreditou que poderia ganhar uma chance de pelo menos ficar no banco de reservas contra o Real Madrid, mas não foi o que aconteceu.

Leia Mais: Gabriel Jesus revela segredo do sucesso do Manchester City
Ex-técnico do Boca Juniors, Rodolfo Arruabarrena deixa o comando do Al-Wasl

De acordo com o site Don Balón, Mina ficou inconsolável ao saber que não seria relacionado pelo técnico Ernesto Valverde e não escondeu sua chateação com o atual comandante. A comoção foi grande e Gerard Piqué, titular da zaga do Barça, precisou conversar com o sul-americano para acalmá-lo.

Sem Mina no banco de reservas, o Barcelona empatou com o maior rival e conseguiu manter sua invencibilidade no Campeonato Espanhol. Agora, a equipe tem mais três rodadas para fechar o torneio e o colombiano torce para ganhar uma oportunidade.

Sem moral com Valverde

Yerry Mina chegou ao Barcelona no começo do ano. Sem dar muitas chances ao jogador, Ernesto Valverde foi questionado sobre o tema em coletiva e deixou claro que o defensor é a quarta opção no momento.

Diante de tantas incertezas dentro do clube, Mina está na lista de transferências para a janela de verão. A ideia do Barcelona é emprestar o colombiano e dar rodagem na Europa. O clube mais cotado para ficar com Yerry é o West Ham, da Inglaterra.