SHARE
zagueiro-do-gremio-faz-reclamacao-da-arbitragem-Futebol-Latino
Foto: Cristiano Estrela/Diário Catarinense

Estando dentre os reservas do Grêmio que conseguiram empatar contra o Avaí em Florianópolis em 2 a 2, o zagueiro Bressan não saiu de campo muito satisfeito com a arbitragem da partida. Essencialmente com o assistente número 1, Élson Araújo, que anulou um gol da equipe gremista.

Leia mais: Hernane Brocador reclama da arbitragem no Maracanã
Libertadores: Conmebol divulga escala de arbitragem para os jogos das semifinais

Falando de maneira veemente sobre a atuação do trio na Ressacada, Bressan foi taxativo com o fato de ser difícil até mesmo realizar qualquer tipo de cobrança aos elementos da partida em questão pela não-profissionalização da função de árbitro de futebol:

“O resultado não foi justo. Quando duas equipes empatam em 2 a 2 e tem um erro de arbitragem com um gol legítimo anulado, não é justo. Porém, é difícil criticar porque tem muita coisa errada no futebol. A arbitragem nem é profissionalizada. É duro também para os jogadores virem aqui criticar eles.”

Apesar desse tom de irritação, o jogador que esteve no ano passado no Peñarol não deixou de reconhecer o toque a mais de dificuldade enfrentado pelos seus companheiros no que se refere a falta de entrosamento dos titulares que atuaram hoje:

“O time está de parabéns. A gente sabe que é difícil. Nós não estamos entrosados. Os dois gols deles foram em falhas nossas, gols de rebote. O Renato trabalhou isto conosco durante a semana. Queríamos os três pontos, mas foi um bom resultado. A equipe lutou e batalhou. Agora é pensar na Libertadores.”