COMPARTILHAR
zagueiro-ex-sao-paulo-elogia-clube-brasileiro-e-fala-de-momento-na-bolivia-Futebol-Latino-13-09
Foto: Antonio Aparicio/Marketing Wilstermann y Quark-Social

Bastante identificado por sua trajetória vitoriosa com a camisa do São Paulo, o fato de hoje defender o Jorge Wilstermann não tem impedido o experiente zagueiro Alex Silva de estar bem informado sobre o momento de seu ex-clube.

Leia mais: Farid Díaz, de campeão da Libertadores a segunda divisão colombiana
Tevez fala sobre CR7 e Messi e explica a diferença entre os dois

Para ele, tem sido também “sofrido” acompanhar a disputa ponto a ponto pela liderança do Brasileirão e ressalta que conquistar o título seria também premiar o trabalho de diretores que também são ex-jogadores do Tricolor Paulista:

“Acompanho todos os jogos. Posso dizer que sou um torcedor do São Paulo e por isso acompanho todos os jogos quando não tenho jogo no mesmo horário aqui. Estou sofrendo igual a todo torcedor com essa briga ponto a ponto, jogo a jogo e creio muito nesse título. Aguirre deu ao São Paulo o que precisava, identidade e o elenco só tem craques. E torço também pelo título para coroar o trabalho do Ricardo Rocha, Raí e Lugano. Para que os ex-jogadores tenham mais oportunidade no meio do futebol nos bastidores.”

Comentando a respeito de como o Aviador está na disputa do Clausura da Bolívia, Alex reconhece que o elenco tem ficado mais tranquilo por saber que já está classificado a fase de grupos da Libertadores 2019 pelo título do Apertura. Contudo, ele ressalta ser fundamental faturar também o torneio do segundo semestre para ratificar a grande fase do clube:

“Na verdade o objetivo já foi atingido pelo último torneio da primeira temporada que fomos campeão e garantimos vaga direta na Libertadores 2019. Agora estamos na segunda temporada outro torneio, mas que não gera benefício nem financeiro, simplesmente o rótulo de campeão. Mas estamos em busca desse título porque no futebol não tem vaga para o comodismo, estamos brigando, afinal está tudo colado só os 2 primeiros colocados que a diferença de pontos é um pouco maior, mas estamos no primeiro turno ainda da para tirar essa diferença. Queremos o título e mostrar que Jorge Wilstermann hoje é o maior clube boliviano.”