SHARE
Foto: Ricardo Duarte

O xerife chegou. No começo da noite desta terça-feira, o Internacional apresentou o zagueiro Rodrigo Moledo no Beira-Rio. O zagueiro de 30 anos estava no Panatinaikos, da Grécia e agora tenta reescrever sua história no Colorado.

Em suas primeiras palavras com o manto vermelho, Moledo mostrou o esforço que fez para se desligar do futebol europeu e voltar ao Beira-Rio.

“Era minha vontade voltar, da minha família. Não é de agora. Já aconteceu antes, não deu certo. Graças a Deus, agora deu certo. Fiz esforço para voltar. Estou muito feliz em voltar e não vejo a hora de atuar mais uma vez pelo Inter”.

Apesar de não ter iniciado o ano jogando, o defensor acredita que não vai demorar muito para entrar em forma e ficar à disposição de Odair Hellmann.

Vinha jogando duas temporadas seguidas. Só esse mês que não treinei 100%, mas vinha treinando separado devido às negociações. Acredito que na próxima semana vou estar à disposição do Odair. A decisão é da comissão técnica e também do Odair, mas acredito que logo vou estar 100%”.

Sobre o setor defensivo do Colorado, Moledo está ciente que não terá vida fácil e prevê uma disputa equilibrada para compor a dupla de zaga.

“Venho acompanhando alguns jogos. Os zagueiros vêm jogando muito bem. O Inter é um time grande, tem que ter um elenco bom, grande. Todos têm que pensar em jogar, mas sempre respeitando os companheiros, a comissão técnica. Mas quando tiver a oportunidade vou procurar o meu espaço”.