COMPARTILHE
Zulia-Nacional-Libertadores-Futebol-Latino-16-05
Foto: Arte Futebol Latino

Em Maracaibo, o Zulia ficou no empate sem gols contra o Nacional e deixou a situação no grupo 7 indefinida. Agora, o time venezuelano soma cinco pontos e o uruguaio está com oito. Na última rodada, os venezuelanos decidem a vida contra a Chapecoense e os uruguaios medem forças diante do Lanús no Gran Parque Central.

Leia Mais: Convocação do Peru deve contar com surpresa na lateral-direita
Presidente do América de Cali descarta negociar joia do clube

O jogo

A primeira metade do jogo foi bem movimentada na Venezuela. Com mais qualidade técnica, o Nacional buscava mais o campo de ataque e chegou pela primeira vez ao gol de Vega com Ramírez. O camisa 7 tabelou com Fernández e encheu o pé, mas parou no goleiro venezuelano.

Focado em resolver o duelo o quanto antes, o Nacional voltou a assustar, dessa vez através da bola aérea. Ramírez cobrou na cabeça de Arismendi, o zagueirão estava livre e tirou tinta da trave do Zulia.

Apesar de toda a empolgação uruguaia, conforme o tempo foi passando, a presença do Nacional no campo de ataque foi diminuindo e o Zulia começou a sair para o jogo.

O time venezuelano tinha muita dificuldade para cercar a área de Conde e só criou a primeira chance aos 34 minutos. Após levantamento da esquerda, Moreno desviou com a ponta da chuteira e o goleiro uruguaio fez uma defesa providencial.

Segundo Tempo

A segunda etapa também começou agitada com o Nacional no ataque e o Zulia aproveitando melhor os espaços deixados pelo rival no campo defensivo.

Aos 22 minutos a jogada mais trabalhada da partida saiu pelo lado uruguaio. Em bela troca de passes na entrada da área, Santiago Romero saiu na cara de Veja, porém foi bloqueado na hora do chute e não conseguiu abrir o placar.

Em raro momento de consciência técnica, o Zulia criou sua chance mais perigosa na casa dos 30 minutos. Brayan Palmezano deixou Unrein na cara de conde, o camisa 20 bateu cruzado e mandou para fora.

Na base do sufoco, o Nacional voltou a assustar em jogada individual de Aguirre. O camisa 27 recebeu na grande área, gingou em cima do zagueiro e na hora da finalização foi prejudicado pelo gramado.

No último minuto o Zulia teve um gol anulado. Após cobrança de escanteio, um imenso bate-rebate dentro da área a bola sobrou para Cordero, que estufou as redes mas ele estava impedido.