Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Agência transforma trajetória de Alex Telles em animação para despedida em Portugal

Convocado pelo técnico Tite para os jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo  o lateral-esquerdo Alex Telles teve sua contratação anunciada pelo Manchester United na última terça-feira, justamente no último dia da janela de transferências do mercado europeu. Antes no  FC Porto, clube onde deixou seu nome na história por conquistas coletivas e individuais – onde estava desde 2016 –, o brasileiro chamou a atenção pela homenagem prestada na sua despedida de Portugal.

Em projeto assinado por sua assessoria de comunicação, O Clube Football, em parceria com a gestora de carreira do atleta, Hellen Telles, o defensor publicou em suas redes sociais uma animação com duração aproximada de um minuto em que que recapitulava momentos desde sua chegada até o dia de sua partida das terras lusitanas. Uma trajetória de quatro anos e quatro títulos. Roteiro condensado para premiar cada lembrança nessa etapa da carreira do atleta.

“No futebol, a gente se acostumou a ver transferências frias ou conturbadas. Era uma oportunidade única de contar uma história repleta de sentimento e de transformar a despedida em uma declaração de amor e carinho para a torcida”, declarou Rodrigo Braun, sócio-diretor da agência responsável por produzir o vídeo viral.

Além de cativar a torcida em um momento de despedida, ajudando a preservar a boa imagem do atleta com o agora ex-clube, a produção também gerou grande engajamento nas redes sociais e uma série de compartilhamentos exaltando a maneira como o atleta fez questão de encerrar esse capítulo de sua carreira.

Os detalhes dos equipamentos de jogo e fisionomia do profissional também foram destacados. Foram mais de 300 imagens, entre fotos e vídeos, estudados na criação da animação para que o personagem tivesse as mesmas características ao sorrir, bater na bola e expressar os seus sentimentos. O desenvolvimento se deu em pouco mais de um mês, com, aproximadamente, 500 horas de trabalho. Logo no primeiro dia de divulgação, o vídeo já atingiu mais um milhão de visualizações. Alex Telles e O Clube Football trabalham há mais de uma década juntos e demonstraram como é possível cativar e aproximar ainda mais os fãs mesmo com a notícia de despedida.

Seleção Brasileira

A recente convocação de Telles não é a primeira. Anteriormente, o jogador já havia figurado com a amarelinha, também sob o comando do técnico Tite: foi em março de 2019, quando atuou no amistoso diante do Panamá – naquela oportunidade, foi chamado para substituir Felipe Luís, que havia se lesionado. Na ocasião, o Brasil empatou por 1 a 1 com gol de Lucas Paquetá.

Carreira

Revelado pelo Juventude-RS em 2011, o jogador de 27 anos (completa 28 em dezembro) permaneceu no Maior do Interior até 2012, quando foi contratado pelo Grêmio, onde permaneceu por toda a temporada de 2013. Entre 2014 e 2016, atuou no futebol turco, defendendo as cores do Galatasaray – nesta última temporada, inclusive, chegou a jogar por empréstimo na Itália, pela Internazionale. Ainda em 2016, se transferiu para o Porto, clube pelo qual chegou à Seleção Brasileira principal pela primeira vez e, agora, se despede rumo à nova casa: o Manchester United.

Títulos e marcas individuais

Defensor com mais gols na história do FC Porto (26 bolas na rede em 195 jogos), o jogador colecionou títulos por vários dos clubes que passou. No Juventude, foi bicampeão da Copa Federação Gaúcha de Futebol – torneio existente para manter os times do interior ativos no segundo semestre, cujo campeão pode escolher vaga à Série D do Brasileirão ou Copa do Brasil; no Galatasaray, conquistou um Campeonato Turco (temporada 2014-15), duas Copas da Turquia (2013-14 e 2014-15) e uma Super Copa da Turquia (2015 – que é o vencedor do duelo entre o campeão do Campeonato Turco contra o campeão da Copa da Turquia daquela edição). No Porto, foi bicampeão português (2017-18 e 2019-20), campeão da Supertaça de Portugal (2018) e da Taça de Portugal (2019-20).

Além disso, o jogador ganhou o prêmio de Craque do Brasileirão em sua posição (lateral-esquerdo) pelo Grêmio em 2013, além de levar ainda a Bola de Prata no mesmo ano. Individualmente, também foi eleito o Futebolista do Ano na premiação de vencedores dos Dragões de Ouro de 2018, tradicional evento cerimonial organizado pelo próprio porto que premia os melhores em cada categoria – uma espécie de Fifa the Best/Ballón d’Or próprio.

View this post on Instagram

PORTO, nunca planejei como seria este dia, porque aqui dentro transbordam diversos sentimentos. Nenhum texto cabe tudo o que vivi neste clube e nesta cidade. Nesses 4 anos, a camisola do F.C Porto foi minha segunda pele. Cresci imensamente como atleta e, principalmente, como ser humano. Agradeço a forma como vocês me acolheram e me fizeram mais um membro da família portista. Eu senti o real sentimento de SER PORTO e jogar À PORTO. Levo cada um de vocês comigo e os momentos que aqui passei ficarão pra sempre em minha memória. Deixo meu especial agradecimento ao Presidente, staff, jogadores e todos que dividiram o dia a dia comigo, me tornando um profissional melhor. E por fim, Nação Portista: gratidão por todo o apoio e por confiar em mim e no meu trabalho. Realizei um sonho de jogar de azul e branco e hoje serei mais um de vocês a torcer pelo nosso Porto. Não choro porque acabou, sorrio porque aconteceu. 💙

A post shared by alextelles13 (@alextelles13) on

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *