Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Álvaro Pereira demonstra mágoa com time do coração

Em conversa com a imprensa uruguaia, o lateral-esquerdo afirmou que não deixaram ele encerrar a carreira no Nacional
experiente-lateral-alvaro-pereira-cortado-da-convocacao-lesao-Futebol-Latino-17-03

Aos 34 anos, Álvaro Pereira é uma das principais bandeiras de sua geração no futebol uruguaio. Com o perfil guerreiro, o lateral-esquerdo sempre proporciona passagens marcantes pelos clubes que defendeu e nesta semana foi procurado pela Rádio Sport8.90 AM para falar sobre a sua trajetória no Nacional, do Uruguai.

Leia Mais: Time da MLS confirma a chegada de meio-campo sul-americano
Juan Carlos Osorio fala sobre a possibilidade de deixar o Atlético Nacional

Durante o bate-papo, o atleta revelou o seu amor pelo time de Montevidéu e a mágoa com a diretoria por tê-lo impedido de encerrar a carreira com a camisa do Bolso.

“Cheguei ao clube com após um longo período de inatividade. Na época, não tinha condições de ir a campo, mas pediram que eu fizesse um esforço e atuasse nas primeiras partidas do ano. Fui para o sacrifício e precisei ficar afastado. Quando recuperei a minha forma e estava apto a ajudar, fui encostado pelo treinador como se fosse um zero a esquerda”, desabafou.

“Eu sabia que a minha concorrência dentro do clube era pesada. O Matías Viña já era o dono da posição, mas vejo que faltou um tato humano para lidar com o tema. Eu comprei o próprio passe para jogar no Nacional e encerrar a carreira. Pena que não pude cumprir o meu objetivo”, completou.

Polêmicas de lado com o Nacional, Álvaro Pereira aposta a sua ficha no River Plate, do Paraguai, para recuperar o seu espaço no continente. O seu contrato com o time paraguaio vai até dezembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019