Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Após título argentino, Boca reencontra La Bombonera diante do Independiente Medellín

apos-titulo-argentino-boca-reencontra-la-bombonera-diante-do-independiente-medellin-09-03
Foto: Charly Triballeau/AFP

Os ânimos pelo lado do Boca Juniors após o último fim de semana de conquista da Superliga Argentina estão dos melhores. É justamente esse clima que a equipe de Miguel Ángel Russo quer aproveitar para conseguir a primeira vitória na Libertadores 2020 jogando em La Bombonera contra o Independiente Medellín na próxima terça-feira (10).

Leia mais: Sem Felipão, Colo-Colo foca em Dudamel e Gabriel Heinze
Por recuperação, Universidad Católica e América de Cali duelam em Santiago

A equipe de Buenos Aires começou sua caminhada empatando em 1 a 1 com o Caracas na Venezuela mesmo utilizando um time repleto de nomes que acabaram não jogando diante do Gimnasia no último sábado (7). Nos casos de Carlitos Tevez, Eduardo Salvio e Mauro Zarate, os dois primeiros poupados e o último por lesão, eles sequer embarcaram com a delegação.

No caso do DIM, a ideia é utilizar o jogo contra a equipe seis vezes campeã do torneio continental como o momento de continuar seu processo de recuperação em uma temporada que, até aqui, vem carregada de altos e baixos.



Enquanto no Apertura da Colômbia o Poderoso de la Montaña tem dificuldade em estabelecer uma sequência positiva, fato que o deixa na modesta 11ª colocação com 11 pontos ganhos em 24 disputados e também pesou na derrota em casa para o Libertad na estreia pelo Grupo H.

Contudo, se serve de consolo, usando boa parte do time titular o Independiente Medellín venceu por 1 a 0 o Millonarios na última rodada e chega um pouco menos pressionado para enfrentar a conhecida pressão de La Bombonera.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019