Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Árbitro da ‘dura’ histórica em comissão técnica no jogo da Libertadores

Foto: AFP

A cada rodada da Libertadores, um lance sempre chama a atenção e nesta quinta-feira não foi diferente. Após Merlini cair na grande área em dividida com o zagueiro, a comissão técnica do Guaraní pediu pênalti e ficou irritada por não ter o pedido atendido.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q3_SOC

Leia Mais: Colo-Colo luta contra o rebaixamento no Chile e sonha com as oitavas da Liberta
Artilheiro da América se declara a gigante do continente



Ao perceber a chiadeira no banco de reservas, o árbitro Roberto Tobar não pensou duas vezes. Impediu o recomeço da partida, foi até o banco de reservas e deu uma verdadeira bronca no auxiliar técnico de Gustavo Costas.

A ‘dura’ foi tão categórica, que o comandante do Aurinegro, Gustavo Costas, pediu calma ao juiz e precisou acalmar os ânimos.

No fim, o pênalti reclamado não fez falta ao time paraguaio, que venceu o Tigre por 3 a 1 e carimbou uma vaga nas oitavas de final da Libertadores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *