Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Árbitro equatoriano fala sobre possibilidade de uso do VAR no país

As competições nacionais de primeira e segunda divisão no Equador, desde 2018 regidas pela LigaPro, ainda não utilizam o recurso do VAR

Nos últimos dias, a chance do futebol equatoriano utilizar o recurso do VAR tem sido bastante comentada nos bastidores e, em evento preparatório voltado aos dirigentes de futebol que ocorreu nessa segunda-feira (2), o tema foi falado com o árbitro Omar Ponce.

Leia mais: Diego Armando Maradona recusa oferta para treinar time sul-americano
Adversário na Libertadores, River Plate apresenta marca negativa contra o Boca Juniors

Pertencente ao quadro da FIFA, o árbitro do Equador fez uma confissão a repórter Gisella Buendia dando a entender que o tema está sob análise pelos responsáveis em gerenciar o futebol no país:

“(O VAR) talvez chegue no fim de 2021, 2022.”

Diferente do que já ocorre no Brasil e em algumas ligas do futebol europeu, no futebol equatoriano ainda não existe a implementação do VAR, fator esse que chega justamente no primeiro ano em que as competições nacionais tiveram sua gestão modificada.

Isso porque, enquanto antes o controle pertencia ao modelo tradicional das federações se dividindo entre os clubes e a seleção nacional, agora no Equador quem cuida das competições locais é a LigaPro. A entidade formada por dirigentes das próprias equipes participantes tendo Miguel Ángel Loor, mandatário do Guayaquil City, como presidente.

error: Futebol Latino 2019