Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Árbitro faz denúncia em clássico do futebol sul-americano

Em conversa com a TNT Sports, Fernando Espinoza revelou que dirigentes do Huracán foram até o seu vestiário e prometeu denunciar na súmula do jogo

Na tarde do último domingo, Huracán e San Lorenzo disputaram o clássico da 10ª rodada da Superliga Argentina e não faltou polêmica. Em um jogo equilibrado, o Globo foi mais feliz e venceu por 2 a 0.

Leia Mais: Latinão: Rodada comprometida no Chile e playoffs da MLS definidos
Jogador cotado para ir a Europa se revolta com substituição na Liga MX

Na saída do campo, o repórter Nico Latini, da TNT Sports, foi até o árbitro Fernando Espinoza e o questionou sobre as supostas pressões que havia recebido dos dirigentes do Huracán, que confirmou as informações.

De acordo com Fernando Espinoza, cerca de 20 pessoas entraram em seu vestiário no intervalo, entre eles, Nadur, presidente do Globo, para pressioná-lo e interferiu na volta do jogo, pois o duelo atrasou quase 20 minutos.

Após confirmar as informações, o árbitro garantiu que vai denunciar os dirigentes do Huracán por tudo o que aconteceu na súmula do confronto.

Polêmicas e pressões de lado, o Globo bateu o Ciclón com gols de Lucas Barrios e Fernando Coniglio. Com o resultado, a equipe aparece na 15ª posição, com 13 pontos.

error: Futebol Latino 2019