Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Argentina, com Messi de volta, é convocada para datas FIFA de Novembro

Tendo passado período de punição imposta pela Conmebol ao astro do Barcelona (Espanha), Lionel Scaloni o chamou para enfrentar Brasil e Uruguai

Para os duelos contra Brasil (dia 14 de novembro em Riad, na Arábia Saudita) e Uruguai (18 do mesmo mês em Tel-Aviv, Israel), a seleção da Argentina divulgou sua lista de convocados com um reforço considerável em relação aos outros amistosos pós-Copa América: Lionel Messi.

Leia mais: Dois gigantes da Europa estariam disputando a contratação de Bentancur
Jorge Valdivia trabalha para ‘limpar’ a sua imagem no Chile; Entenda

O astro do Barcelona estava suspenso das últimas listas depois de ser punido pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) devido a sua declaração após a disputa de terceiro lugar contra o Chile.

Na oportunidade, ele disse que a equipe argentina não receberia a medalha de bronze para “não fazer parte dessa corrupção” acrescentando ainda que “a Copa América estava armada para o Brasil”.

A maioria esmagadora dos nomes chamados são de clubes fora do futebol nacional, sendo o arqueiro do Boca, Esteban Andrada, e o meio-campista do Vélez Sarsfield, Nicolás Domínguez, as únicas exceções a essa regra.

Veja a convocação da Argentina para os amistosos de Novembro:

Goleiros: Agustín Marchesín (Porto – Portugal), Juan Musso (Udinese – Itália), Emiliano Martínez (Arsenal – Inglaterra) e Esteban Andrada (Boca Juniors);

Defensores: Juan Foyth (Tottenham- Inglaterra), Renzo Saravia (Porto), Nicolás Otamendi (Manchester City – Inglaterra), Germán Pezzella (Fiorentina – Itália), Marcos Rojo (Manchester United – Inglaterra), Walter Kannemann (Grêmio), Nicolás Tagliafico (Ajax – Holanda) e Nahuén Pérez (Famalicão – Portugal);

Meio-campistas: Guido Rodríguez (América), Giovani Lo Celso (Tottenham), Leandro Paredes (PSG -França), Nicolás Domínguez (Vélez Sarsfield), Rodrigo de Paul (Udinese-ITA), Marcos Acuña (Sporting – Portugal), Roberto Pereyra (Watford – Inglaterra) e Lucas Ocampos (Sevilla – Espanha);

Delanteros: Lionel Messi (Barcelona – Espanha), Sergio Agüero (Manchester City), Nicolás González (Stuttgart – Alemanha), Lucas Alario (Bayer Leverkusen – Alemanha), Lautaro Martínez (Inter de Milão – Itália) e Paulo Dybala (Juventus – Itália).

error: Futebol Latino 2019