Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Argentina começa bem o quadrangular do Pré-Olímpico e vence o Uruguai

Com o resultado, a Albiceleste deu um passo importante rumo Jogos Olímpicos de Tóquio

No estádio Alfonso Lopez, a Argentina venceu na estreia da fase final do Pré-Olímpico o Uruguai por 3 a 2.
O próximo compromisso da Celeste é contra o Brasil. Já a Albiceleste pega a Colômbia. Ambas as partidas serão disputadas no dia 06 de fevereiro.

Leia Mais: Vélez Sarsfield reestreia no cenário continental diante do Aucas
Sonhando alto, Nacional Potosí e Melgar se enfrentam na Sul-Americana

O jogo

Com uma chance para cada lado, Argentina e Uruguai até iniciaram a partida mostrando equilíbrio nas ações.
Mas esse equilíbrio foi só mesmo no comecinho. Com o passar dos minutos, a Albiceleste foi tomando conta do jogo. O domínio era grande e tudo indicava que o gol não demoraria a sair.

E não demorou mesmo. Aos 17 minutos, em cobrança de falta, Mac Allister bateu a falta direto para o gol, Arruabarrena falhou e a Argentina abriu o marcador, 1 a 0.

A Celeste tentava reagir, mas mostrava dificuldade na construção e quando criava jogadas pecavam na hora da finalização. Os Argentinos jogavam melhor e antes do fim da etapa inicial ampliaram o placar.

Bravo bateu a falta na área. A zaga uruguaia rebateu mal, Vera emendou de primeira da entrada da área para fazer mais um para Albiceleste, 2 a 0.

Os Argentinos não diminuíram o ritmo no segundo tempo e voltaram decididos em ampliar ainda mais a vantagem.
E isso aconteceu aos 9 minutos. Urzi vem com a bola dominada e passa para Mac Allister. O camisa dez não teve dúvida e bateu para marcar um golaço, 3 a 0.

A Albiceleste poderia ter aumentado ainda mais a vantagem com Mac Allister outra vez, mas a bola foi na trave.
Tudo indicava uma vitória tranquila da Argentina, só que os uruguaios acharam um gol aos 21. Após lançamento de Oliveros, a zaga da Albiceleste bateu cabeça. A bola sobrou para Ramirez, que driblou o goleiro e diminuiu, 1 a 3.

O gol acendeu o ímpeto da Celeste que cresceu no jogo e criou ótimas oportunidades para diminuir ainda mais a desvantagem. Mas faltou qualidade na finalização para os uruguaios.

Os Argentinos ligaram o sinal de alerta com as chances criadas dos uruguaios e voltaram para o jogo. Inclusive, Nehuén Pérez acertou a trave e quase marcou mais um.

Mas os uruguaios eram briosos e foram buscar mais um gol nos acréscimos. Santiago Rodriguez levanta a bola na área, Arezo sobe mais que todo mundo e cabeceou para diminuir, 2 a 3. Mas não deu mais tempo para mais nada. Vitória da Albiceleste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019