Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Argentina é derrotada pelo Equador e se complica no Sul-Americano

Foto: Divulgação/Twitter AFA

Em Talca, o Equador surpreendeu a Argentina e venceu pela vantagem mínima. O gol do jogo foi marcado por Alvarado, no começo do segundo tempo. O resultado deixou os equatorianos na liderança da chance, com seis pontos. A albiceleste fica na penúltima colocação, com apenas um ponto.

Leia Mais: Venezuela busca encaminhar a vaga diante da Bolívia
Bolívar tenta se aproveitar da falta de ritmo do Defensor

Na próxima rodada, o Equador mede forças com a seleção do Peru. Enquanto isso, a Argentina faz clássico diante do Uruguai.

O duelo

Diante de um confronto bem disputado no meio-campo, poucas chances surgiram. Ousada no ataque, a Argentina apostava no talento de Pedro De La Vega que, em duas oportunidades, chegou perto de marcar.

Bem postada na defesa, a zaga equatoriana não deixava a albiceleste crescer e o jeito era arriscar de longe. Na finalização de Sosa exigiu boa defesa de Ramírez Preciado.

Tímido no campo ofensivo, o Equador pouco chegou. No único lance mais empolgante, Alvarado fez jogada individual e chutou colocado. Manuel Roffo caiu e fez boa defesa.

Na etapa final a Argentina permaneceu ofensiva. O gol quase veio aos 5 minutos, quando Romero saiu na cara do goleiro e viu Ramírez tomar a bola como um verdadeiro gato.

Na casa dos 11 minutos, o Equador abriu o placar. Em chute no contrapé do goleiro, Alvarado fez a festa dos companheiros, 1 a 0.

Com a vantagem, a seleção equatoriana começou a jogar de forma inteligente e valorizava a posse de bola. Enquanto isso, a albiceleste atacava de maneira desorganizada e não conseguia levar perigo ao rival.

Na reta final, o Equador por muito pouco não definiu a vitória. Após cruzamento da esquerda, Espinoza, sozinho na pequena área, furou a cabeçada e levou seus companheiros a loucura.

No último abafa da Argentina, a equipe criou a melhor chance. Thiago Almada deixou Adolfo Gaich na cara do goleiro. O camisa 18 chutou forte da pequena área e Ramírez fez milagre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019