Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Arturo Vidal surpreende e critica ex-técnico: “Não foi importante na minha carreira”

Volante chileno elogiou Conte e Guardiola e poupou palavras bonitas a Marcelo Bielsa, que treinou a Roja no começo da década
mesmo-sem-jogar-bem-chile-vence-amistoso-diante-de-guine-Futebol-Latino-15-10

Conhecido pela personalidade forte, Arturo Vidal não costuma medir as palavras para dar opiniões e analisar situações que ocorrem dentro e fora das quatro linhas.

Leia Mais: Torcedor de time uruguaio chama a atenção e pós-jogo do torneio nacional
Volante ex-Portuguesa comenta primeira experiência fora do Brasil

Desta vez, o volante chileno concedeu entrevista ao diário L’Equipe e avaliou os treinadores que teve na carreira com a sinceridade conhecida de todos. Na opinião do meio-campista, Antonio Conte e Pep Guardiola foram os dois principais em sua carreira.

“Conte foi especial em minha construção como jogador. Me ensinou muito no posicionamento defensivo e ofensivo. Graças a ele comecei a marcar muitos gols e me tornei um monstro taticamente”, afirmou o atleta.

“Eu tive a oportunidade de trabalhar com Ancelotti, Sampaoli, Allegri e Guardiola, este me trouxe uma bagagem incrível na forma de tratar os jogadores e a sua preocupação com cada partida”, completou.

De maneira surpreendente, Marcelo Bielsa, tido como muitos um revolucionário na história da Roja, não ganhou a simpatia de Vidal.

“É um bom treinador e sabe muito de futebol. Porém costuma ser excessivo no relacionamento com os jogadores. Não está entre os mais importantes da minha carreira”, finalizou.

error: Futebol Latino 2019