Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Atacante argentino garante que jamais vestiria a camisa do Boca Juniors

ex-river-plate-comentou-sobre-declaracoes-recentes-de-riquelme-Futebol-Latino-18-11
Foto: Patrik Stollarz/AFP

Para muitos jogadores, atuar com a camisa do Boca Juniors poderia ser considerada uma verdadeira honra e motivo de desejo. Contudo, não é assim que vê o atacante Lucas Alario, ex-River Plate e hoje no Bayer Leverkusen, segundo palavras ditas pelo mesmo ao diário Olé.

Leia mais: Alexis Sánchez é chamado por jornal de “dor de cabeça” para o Manchester United
Fifa não prorroga prazo e Sport precisa quitar dívida de André até abril

Em entrevista exclusiva ao veículo argentino, Alario pontuou que não vê necessariamente uma ligação entre o fato de ter sido bem-sucedido e identificado com o Millonario para a questão de não sentir vontade de defender o Boca.

Chegando a dizer, aliás, que não se incomodava com a pergunta ser feita de maneira repetida a ele por um motivo simples:

“Não, não me incomoda porque a resposta vai ser sempre a mesma: que não. Não, não passa por isso (história prévia no River). Passa pelo que eu sinto. Para mim, o que as pessoas dizem, por ter jogado no River, não me interessa. Eu só digo o que eu sinto, nada mais.”



Porém, os torcedores do River que ficarem mais animados com a possibilidade de verem o centroavante campeão da Libertadores em 2015 novamente com a camisa do clube precisarão se conter um pouco. Isso porque, mesmo reconhecendo que sente saudade dos seus ex-companheiros, ele ressalta que prefere não fazer muitos planos, mas sim viver o presente.

“(Sinto mais falta) Do grupo. Estive com muitas pessoas boas, passávamos o dia muito bem e o dia a dia era muito lindo: compartilhar um mate, fazer piadas, jogar cartas na concentração. A verdade é que não sou de pensar muito nos próximos anos, trato de desfrutar o dia a dia. Não sei o que responder para isso porque não me ponho a pensar o que vai acontecer daqui a alguns anos, mas  é claro que gostaria de voltar assim como também ao Colón, um clube que me deu muito”, avaliou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019