Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Atacante uruguaio muda de clube, mas seguirá na Espanha

Foto: Reprodução/Marca

*Por Vinicius Fernandes

A novela envolvendo o atacante uruguaio Maximiliano Gómez chegou ao fim. E o jogador, que esteve com a sua seleção na Copa América do Brasil, seguirá no futebol espanhol.

Leia mais: Emelec toma chapéu e vê atacante acertar com o futebol europeu
Higuaín pode “travar” circuito de negociação por goleadores na Europa

Mesmo com o West Ham, da Inglaterra, manifestando o desejo de pagar a sua cláusula rescisória, no valor de 50 milhões de euros (mais de 211 milhões de reais), o Celta de Vigo respeitou o acordo a que havia chegado com o Valencia e confirmou a transferência de Maxi para o clube espanhol.

Membros da Stellar Group, a agência que representa o jogador e que em princípio queria que ele seguisse sua carreira na Inglaterra, atenderam ao pedido do futebolista.

O Celta recebeu 14,5 milhões de euros (mais de 61 milhões de reais), os direitos federativos e econômicos do atacante Santi Mina e o empréstimo por dois anos do defensor Jorge Sáenz em troca do uruguaio.

Gómez já embarcou nesta quarta-feira (10) para Valencia, onde realizará exames médicos para assinar por cinco temporadas, e o Defensor Sporting, do Uruguai, embolsará por sua transferência uma cifra perto dos 4,5 milhões de euros (mais de 19 milhões de reais) por ser o clube formador e ainda deter alguma porcentagem dos seus direitos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019