Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Atuar na Major League Soccer é algo considerado por Fernandinho

Foto: Divulgação/Manchester City

O meio-campista brasileiro Fernandinho, atualmente no Manchester City, se sente bastante confortável com a vida no aspecto profissional e pessoal que tem na Inglaterra. Todavia, ele não descarta uma alteração dessa rotina no futuro. Como, por exemplo, ser mais um dos nomes com currículo europeu a desembarcar na Major League Soccer (MLS).

Leia mais: Ex-jogador da seleção do Chile lembra momento tenso nas Eliminatórias
Com Valdivia, Vidal e Sánchez, Claudio Borghi elege seu Colo-Colo ideal

Falando com o jornal inglês Daily Mail, o jogador atualmente com 34 anos de idade que está no City desde 2013 elogiou bastante o fato tanto dele como de sua família estarem plenamente adaptados a cidade de Manchester e todo o clima futebolístico que ela carrega.

Apesar disso, ele entende que o nível crescente do futebol nos Estados Unidos o instiga a pensar abertamente na possibilidade de jogar novamente no continente americano:

“Eu e minha família estamos assentados (em Manchester). É a cidade mais legal, todo mundo tem paixão pelo esporte, adora futebol. Desde que eu estive lá, você pode sentir o amor e o respeito dos fãs. Isso é bom, dá motivação extra para você trabalhar duro dentro e fora do campo. Sinto falta do meu país, mas, no final do dia, estou fazendo o meu trabalho. Mas pensei na MLS. É uma oferta que consideraria com certeza no futuro. Sinceramente, amo os Estados Unidos, posso imaginar jogar lá um dia… não sei quando, obviamente, tenho um contrato com o Manchester City, mas acho que a MLS é uma liga muito interessante e acho que no futuro continuará melhorando. Definitivamente, me vejo lá em algum momento.”

Quando da contratação do meio-campista espanhol Rodri junto ao Atlético de Madrid por parte do City, a manobra feita pela equipe de Guardiola já era vista como um “prenúncio” da substituição de Fernandinho no setor. Algo que se torna mais robusto pelo fato de, no início do ano, o atleta ter renovado contrato apenas até junho de 2021, situação que o permitiria assinar com qualquer equipe um pré-contrato em janeiro do próximo ano para ser adquirido sem custo de transferência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019