Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Em comunicado, Boca fala em “manipulação tendenciosa do futebol continental”

Foto: Divulgação/Juntos por Boca

Falando de maneira taxativa sobre uma “manipulação tendenciosa do futebol continental”, o Boca Juniors emitiu comunicado oficial nessa quarta-feira (21) ainda repercutindo as partidas envolvendo as oitavas de final da Copa Libertadores onde foi eliminado pelo Atlético-MG.

Soccer 300x250

Leia mais: Defensa y Justicia aposta em retrospecto contra brasileiros para eliminar o Fla
Vidal livre no mercado? Veja clubes que ele pode atuar na América do Sul
Nas Olimpíadas, Canadá abre o placar, mas cede empate ao Japão

As palavras que levam a assinatura do presidente do clube, Jorge Ameal, seguem um tom duro do início ao fim falando em interpretação “de maneira maliciosa e intencionada da tecnologia VAR” ao mencionar sobre os gols anulados na ida e na volta que dariam a vaga ao clube argentino.

Com isso, a postura seguiu a mesma linha de ironia usada nas palavras do vice-presidente Juan Román Riquelme em entrevista para a TyC Sports falando em eliminação mesmo tendo “vencido” os dois confrontos.

O Atlético não passou ileso do comunicado, sendo criticado pelo posicionamento onde “inflamou com palavras violentas e ameaçadoras durante vários dias” bem como “atrasarem por mais de 12 horas a delegação em situação lamentável para que não fosse violado o protocolo sanitário”.

Confira o comunicado do Boca Juniors na íntegra:

Banner-Cyber-Bet-300-250-interna-Futebol-Latino-13-07

O Club Atlético Boca Juniors, instituição de 116 anos de história, sofreu nesta eliminatória da Copa Libertadores contra o Atlético Mineiro duas decisões inexplicáveis, anulando gols lícitos que destruíram o espírito esportivo do torneio mais prestigioso do continente.

Hoje nossos sócios, torcedores, jogadores e corpo técnico se sentem prejudicados de maneira traiçoeira, interpretando de maneira maliciosa e intencionada a tecnologia do VAR.

O acontecido marca um fato sem precedentes, por ser o único caso onde, ganhando as duas partidas da série, um clube fica fora da competição.

Situações como as vividas nas últimas jornadas manifestam a manipulação tendenciosa do nosso futebol continental. 

Tampouco podemos deixar passar o fato que a máxima autoridade do Clube Atlético Mineiro inflamou com expressões violentas e ameaçadoras durante vários dias até chegar aos lamentáveis fatos onde foram agredidos fisicamente nossos jogadores, corpo técnico e dirigentes os quais tiveram que ficar presos por mais de 12 horas em situações lamentáveis com o fim de não violarem o protocolo sanitário. 

Uma vez mais, fomos prejudicados por decisões que pouco tem a ver com o esportivo e muito com a manipulação arbitrária de uma competição que não a merece.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©