Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Brasil e Colômbia empatam na cidade de Miami em amistoso

Partida que ocorreu nos Estados Unidos entre Brasil e Colômbia teve clima de competição com entradas fortes e também confusão pós-jogo
Colombia-Brasil-amistoso-Futebol-Latino-06-09

Atuando nos Estados Unidos, mais precisamente na cidade de Miami, Brasil e Colômbia jogaram amistoso nessa sexta-feira (6) e acabaram empatando em 2 a 2, gols de Casemiro e Neymar para a Seleção e Luis Muriel (duas vezes) marcaram para os colombianos.

Leia mais: Sem clube, Chiqui Arce negocia para assumir o Nacional
Maradona vive a primeira polêmica como técnico na Argentina

Primeiro tempo

Depois dos primeiros minutos onde a equipe colombiana parecia mais à vontade no confronto, principalmente pensando nos lances de velocidade no seu sistema ofensivo, na bola parada o selecionado brasileiro “contrariou a lógica” e abriu a contagem aos 19 minutos. Em cobrança de escanteio executada pelo lado esquerdo do ataque, Neymar bateu muito bem e Casemiro, subindo mais alto que toda a marcação, testou com força no canto oposto de David Ospina.

Porém, não houve tempo sequer para que os comandados de Tite pudessem saborear a vantagem ou mesmo usá-la para ganhar confiança e melhorar o desempenho. Quatro minutos depois, Alex Sandro acabou erguendo demais o pé e acertou Luis Muriel dentro da área, pênalti marcado pelo árbitro norte-americano Ismail Elfath. Na cobrança, o próprio Muriel bateu deslocando Ederson e deixou tudo igual.

A superioridade na estratégia de jogo bem como na velocidade de transição da equipe Cafetera ficava latente com o passar do tempo. Depois de ter um gol anulado em cabeçada de Roger Martínez, aos 34 Muriel apareceu totalmente livre de marcação com passe de Duván Zapata e bateu forte, sem chances para Ederson.

Segundo tempo

Após um retorno em ritmo mais lento de ambas as partes, o Brasil conseguiu capitalizar primeiro a sua oportunidade mais latente com Daniel Alves recebendo passe dentro de área aos 13 minutos e, vendo a infiltração de Neymar, tocou pro meio da área e viu o camisa 10 marcar seu primeiro gol considerando o ciclo 2019/2020.

A partida que poderia apresentar melhora acabou retornando ao nível de maior “marasmo”.

A única coisa que se pode acrescentar em relação ao duelo acabou sendo a questão disciplinar já que, além de penalidade não marcada em cima de Neymar aos 28, logo após o apito final, jogadores das duas equipes acabaram se desentendendo e criaram um clima de confusão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019