Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Brasil mantém 100% nas Eliminatórias vencendo, de virada, a Venezuela

venezuela-brasil-eliminatorias-futebol-latino-07-10
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A campanha da Seleção Brasileira nas Eliminatórias segue intacta. Apesar de sair atrás no marcador diante da Venezuela em confronto disputado no Olimpico de la UCV, os gols de Marquinhos, Gabriel e Antony viraram o marcador para 3 a 1 e asseguraram a folgada liderança do Brasil com 27 pontos conquistados. A Vinotinto, com somente quatro pontos conquistados, está na lanterna.

Primeiro tempo

A partida tinha o Brasil dominando mais a posse de bola e tentando assumir a responsabilidade de criar as oportunidades mais perigosas no ataque. Porém, quem conseguiu abrir a contagem foram os anfitriões na jogada onde Soteldo ganhou da marcação pelo lado direito do ataque e cruzou para Eric Ramírez, contando com o escorregão de Fabinho e Marquinhos, cabecear no extremo canto esquerdo, longe de Alisson.

Com as linhas venezuelanas bastante retraídas, a partida dependia bastante que a Seleção conseguisse acelerar o ritmo na troca de passes para encontrar os espaços na fechada defesa do time adversário, algo que apareceu em poucas oportunidades.

Não à toa, na melhor das possibilidades para chegar a igualdade, Everton Ribeiro recebeu bola enfiada de Paquetá entre as linhas e, quando tentou tocar para Gabriel, viu o desvio do zagueiro Ferraresi acertar o travessão do goleiro Graterol que estava batido no lance.

Desta forma, com um baixo grau de criatividade e eficiência dos comandados de Tite, a primeira etapa na cidade de Caracas terminou com a vitória parcial da Vinotinto.

Banner-Cyber-Bet-300-250-interna-Futebol-Latino-13-07

Segundo tempo

Após a volta dos vestiários com Raphinha na vaga de Everton Ribeiro pelo Brasil, as primeiras jogadas do tempo complementar se concentraram bastante pelo lado direito do ataque onde, isolado, o jogador que atua no Leed United tentou sem sucesso fazer os lances individuais evoluírem para algo mais efetivo. Por outro lado, mesmo tendo em quantidade reduzida o controle da bola, a Venezuela tentava justamente seguir a linha contrária da Seleção Brasileira com passes mais rápidos, porém tendo problemas na hora de tomar as decisões finais dos lances, levando pouco perigo a meta de Alisson.

Se jogando com a pelota no chão estava difícil para a equipe brasileira encontrar o caminho das redes, foi na jogada aérea que o placar foi igualado no Olimpico de la UCV aos 25 minutos. Depois da batida de escanteio feita por Raphinha no lado esquerdo do ataque, o zagueiro Marquinhos subiu com relativa liberdade e testou pra baixo, fugindo do alcance de Graterol.

Tendo uma ligeira melhora na postura de agressividade ofensiva, na reta final do confronto o Brasil construiu a virada do marcador para determinar o nono triunfo em nove compromissos das Eliminatórias.

Aos 39, Gabriel sofreu pênalti após a batida no gol de Vinicius Júnior defendida por Graterol onde, na batida, o camisa 21 cobrou no meio da meta para fazer o segundo tento brasileiro. Já aos 50, uma bonita trama do lado direito com Emerson enfando a bola para Raphinha que, no toque pro meio da área, encontrou Antony batendo pro fundo das redes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©

error: Futebol Latino 2019