Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Brasileiro ex-Figueirense se diz preparado para volta do futebol na Albânia

brasileiro-ex-figueirense-se-diz-preparado-para-volta-do-futebol-na-albania-Futebol-Latino-15-05
Foto: Divulgação

Depois de ter atuado pela última vez no dia 9 de março, o lateral/meia brasileiro William Cordeiro poderá, à partir do próximo dia 30 de maio, novamente disputar a temporada 2019/2020 com a camisa do Partizani (Albânia).

Bettilt 300x250

Leia mais: Sem futebol: Venezuela encerra temporada e anula partidas realizadas
Duvier Riascos vive drama pessoal após deixar clube boliviano

O jogador de 26 anos de idade que acumula passagens no futebol brasileiro em equipes conhecidas como Figueirense, Oeste e Ferroviária entende que conseguiu lidar bem com os treinos feitos em casa. Por isso, se sente plenamente preparado para iniciar as atividades coletivas marcadas para a próxima segunda-feira (18).

“Disputamos nosso último jogo no dia 9 de março. São mais de dois meses só treinando sozinho em casa, por videoconferência. Não foi fácil, mas consegui manter o foco e me sinto bem condicionado. Creio que nas duas semanas que teremos de treino de campo vamos conseguir fazer um bom trabalho para voltar a jogar no final do mês”, apontou William.

Apesar da força e tradição do Partizani somadas ao fato de serem os atuais campeões da Kategoria Superiore (elite do campeonato albanês), William foi bastante sincero ao achar complicado conseguir superar a diferença hoje na casa dos 15 pontos para o líder, KF Tirana. Mesmo restando 11 rodadas para o fim.

Para ele, o clube que defende, que também é radicado na capital do país, precisa se concentrar em vaga na fase Pré-Grupos da Liga Europa:

“Estamos apenas três pontos atrás do terceiro colocado e a seis do vice-líder, posições que garantem vaga na Liga Europa 2020/2021. Como restam dez jogos, acredito que temos totais condições de lutar para conquistar a classificação para disputar o torneio continental.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *