Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Cerro Porteño é acusado de não pagar pela transferência de Diego Churín

Em entrevista à uma rádio local, Mario Rodríguez, presidente do Universidad de Concepción, acusou o clube paraguaio de não honrar os compromissos

*Por Mônica Alvernaz

Apesar de já estar em sua terceira temporada com a camisa do Cerro Porteño, a presença de Diego Churín no clube paraguaio ainda levanta polêmicas.

Leia mais: Por onde anda Diego Maurício, ex-Flamengo e Sport
Brasil estreia com goleada na Copa América sobre a Bolívia

Nesta semana, em entrevista à rádio 750 AM do Paraguai, o presidente da Universidad de Concepción, Mario Rodríguez, falou sobre a transferência do jogador entre os clubes, ocorrida em 2017.

De acordo com Rodríguez, o pagamento pelo passe do jogador não foi concluído até hoje. “Primeiro reclamos ao Cerro pela falta do pagamento, embora existisse um acordo firmado. Em um segundo momento, eles passaram a não se comunicar conosco. Então não sabemos a razão do atraso”.

Ainda segundo o presidente do clube chileno, a entidade máxima do futebol mundial foi acionada para auxiliar na solução do caso. “Recorremos à FIFA. Iniciamos isto há 4 meses e até agora não temos uma resposta”.

Mesmo com a incerteza da definição da situação, Mario Rodríguez se mostra confiante na resolução do problema. “Este caso é muito claro. Vendemos a eles um excelente jogador, que foi goleador em sua equipe. Não vendemos qualquer um. E eles não nos pagaram. A FIFA não pode olhar para o outro lado”.

Até que o caso se defina, o presidente da Universidad de Concepción deixa claro a postura que adotará sobre o clube paraguaio. “Vamos propor na próxima reunião entre os presidentes dos clubes chilenos que Cerro Porteño não é uma instituição confiável. Que negociar com eles é um perigo, pois não pagam. Torço para que os clubes comprem esta ideia”.

Revelado no Independiente, Diego Churín teve passagens por mais dois clubes chilenos além do Concepción: Curicó Unido e Unión Española.

error: Futebol Latino 2019