Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Chilavert não descarta concorrer à presidência do Paraguai

Foto: Divulgação/Velez Sarsfield

José Luis Chilavert voltou a ganhar destaque na mídia sul-americana. Desta vez, além dos ataques a grandes nomes do continente, como, por exemplo, Maradona, Diego Lugano e outros mais, o ex-goleiro falou abertamente sobre o sonho de ser presidente do Paraguai.

Leia Mais: Marcelo Bielsa é exaltado por Pep Guardiola: “Técnico especial”
Bet365, gigante em vantagens e expansão



No bate-papo com o programa ‘Locos por el Futbol’, ele contou seus planos e a vantagem em relação aos políticos tradicionais.

“Não descarto uma candidatura para 2023, mas preciso analisar o que a população paraguaia pensa sobre isso. Eu tenho uma vantagem em relação aos políticos paraguaios, pois não preciso caminhar pelo país para que a população saiba da minha existência. Eu mostro o meu carácter de 25 anos como jogador profissional”, afirmou.

“O meu sonho é que a América do Sul fique unida e não exista mais sistemas de populismo, pois ele não acrescenta em nada a vida da sociedade. Não pode manter o povo com subsídios, porque é uma forma de manter todo mundo como escravo. Precisa ensinar a população a trabalhar para evoluir o lado pessoal. Eu nasci pobre e atualmente vivo uma situação privilegiada graças ao meu trabalho construído no futebol”, afirmou.

Carreira

Dono de uma personalidade forte, Chilavert foi goleiro do Vélez Sarsfield e levantou a Liberadores e Mundial de Clubes. Em 1998 e 2002 fez parte da seleção paraguaia que disputou as Copas da França e Coreia/Japão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019