Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Print

Chile se junta a Argentina, Paraguai e Uruguai para receber a Copa do Mundo 2030

Sebastián Piñera, presidente do Chile, confirmou a participação do país no bloco que luta pela realização do torneio na América do Sul
novo-formato-de-copa-do-mundo-pode-favorecer-o-brasil-Futebol-Latino-31-10

Não é segredo para ninguém que a Conmebol vai lutar com todas as forças para trazer a Copa do Mundo para a América do Sul em 2030. Além de Argentina, Paraguai e Uruguai, agora o Chile entrou na organização e promete ajudar seus co-irmãos a sediar o torneio.

Leia Mais: Ex-Benfica, Eduardo Salvio é o novo reforço do Boca Juniors
Clube da América analisa a situação de Enner Valencia

A oficialização aconteceu na última quarta-feira, durante a visita de Sebastián Piñera, presidente do Chile, em reunião do Mercosul. Agora a expectativa é saber se a Bolívia, que também sonha em entrar no grupo sul-americano, vai participar da candidatura.

Lembrando que, durante um dos encontros da Conmebol, Alejandro Domínguez, garantiu aos seus pares que tem a certeza que a América do Sul vai receber o Mundial.

Um dos motivos para o continente pleitear o torneio é que a Copa do Mundo vai completar 100 anos em 2030 e a sua primeira edição aconteceu no Uruguai, que ficou com o título na ocasião.