Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Clima esquenta e treinadores brigam no futebol argentino

Com a tensão em alta desde o início do confronto, os treinadores de Vélez e Lanús acabaram brigando na beira do gramado da partida

*Por Mônica Alvernaz

O confronto entre Lanús e Vélez neste fim de semana pelo campeonato argentino foi marcado, desde o início, por um clima tenso. O que era ameaça, virou realidade, quando uma briga de fato aconteceu no gramado.

Leia mais: Jornalista faz revelação sobre demissão de técnico de clube sul-americano
Sem espaço no Racing, amigo tenta levar Centurión para o México

Com a vantagem inicial no placar e jogando de visitante, os jogadores do Vélez começaram a fazer cera e demorar a levantar cada vez que caíam em alguma jogada. A atitude foi irritando a equipe adversária, que buscava reverter o placar, e acabou gerando uma situação extrema por parte do técnico do Lanús.

Irritado com a situação, Luis Zubeldía invadiu o campo de jogo e partiu pra cima de Leandro Fernandéz, naquele momento caído no gramado. Diante da situação, Gabriel Heinze, técnico do Vélez, não deixou por menos e foi tirar satisfação com Zubeldía, generalizando a confusão.

Diante de gritos de “Por que está insultando o meu jogador?” os técnicos discutiram à beira do gramado, o que resultou na expulsão de ambos pelo árbitro da partida.

Apesar da confusão, a partida retomou e foi até o final. O Lanús ainda conseguiu igualar o placar na primeira etapa, mas tomou o segundo gol na reta final do jogo e saiu derrotado por 2 a 1 dentro de casa para o Vélez.

error: Futebol Latino 2019