Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Clube sul-americano tentou contratar astro do futebol pelo Twitter

boca-relembra-ultima-partida-de-riquelme-em-la-bombonera-Futebol-Latino-13-05
Foto: Alejandro Pagni/AFP

Ídolo no Boca Juniors e para muitos o maior jogador que passou pelo clube, Juan Román Riquelme perambulou na reta final da sua carreira e quando não tinha mais condições de render no time Xeneize, escutou ofertas de outros clubes.

Leia Mais: Arturo Vidal comenta situação de James Rodríguez no Real Madrid
FIFA emprestará a federações US$ 1,5 bilhão por impacto financeiro da pandemia



Em 2015, quando estava prestes a se aposentar, o camisa 10 recebeu diversas ofertas do mundo da bola, principalmente da América do Sul, que sonhava em contar com o talento do meio-campista.

Um deles foi o Aucas, do Equador. O time sul-americano tentou o contato com Riquelme de uma maneira diferente através do seu técnico na época, Carlos Ischia. Em conversa com o Diário Olé, o treinador admitiu que mandou mensagem via Twitter ao jogador.

Na ocasião, o passe do jogador estava avaliado em USD 700, valor caro para o Aucas, mas que estava disposto a investir por todo o retorno financeiro e técnico.

Ao ouvir/ler a oferta, Riquelme agradeceu o convite e manifestou o desejo de permanecer no futebol albiceleste. Pouco tempo depois, o camisa 10 fechou com o Argentinos Juniors e pendurou as chuteiras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019