Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Print

Colômbia pressiona, mas para na retranca do Chile e amistoso acaba sem gols

Com postura defensiva, a Roja pouco atacou e ainda segurou o ímpeto cafetero, que foi superior ao longo do jogo

Em amistoso disputado na Espanha, a Colômbia foi superior, mas faltou qualidade nas finalizações e empatou sem gols com a seleção do Chile, que apresentou um baixo poder ofensivo.

Leia Mais: Cueva justifica o seu desempenho após revés do Peru em amistoso
Encostado na Roma, Pastore dá sinal verde para negociar com o Racing

As duas seleções voltam a campo na terça-feira. Enquanto a Colômbia encara a Argélia, o Chile mede forças com a Guiné.

O duelo

A etapa inicial teve o domínio da Colômbia. Presente no campo de ataque, o selecionado Cafetero impôs o seu ritmo e chegou com freqüência ao gol defendido por Claudio Bravo. Apesar do volume, a chance mais clara veio na cabeçada de Morelos, que foi defendido pelo arqueiro.

Tímido quando tinha a posse de bola, o Chile não apresentava praticamente nada no campo ofensivo e pouco deu trabalho aos zagueiros adversários.

A segunda etapa teve o jogo mais truncado e muita polêmica, característica da América do Sul. Logo aos 4 minutos, Cuadrado foi derrubado na área e pediu pênalti. A arbitragem não marcou e o banco colombiano ficou revoltado. O resultado disso foi o técnico Carlos Queiroz expulso.

Mesmo com toda a tensão dentro de campo, a Colômbia não conseguia atacar o arco chileno, que por sua vez continuava com claras dificuldades de incomodar os cafeteros.