Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Coluna de José Calil: criatividade nessa hora é tudo

Jogo virtual Sport 1987 Sport 2008 Futebol Latino 18-05
Foto: Divulgação/Sport

*Por José Calil

Diante do momento terrível que estamos atravessando, existem algumas atitudes que podem ser tomadas. Uma delas é passar o isolamento pensando bobagens e reclamando de tudo. A outra é usar a criatividade para tentar encontrar soluções que possam minimizar os problemas e preparar a retomada das atividades normais. Assim é na vida. Assim é no futebol.

Leia mais: Doriva participa de eleição na UEFA contra Beckham e Inzaghi; Confira
Hoje no Manchester United, Fred já esteve perto de reforçar o Flamengo

Exemplos positivos são as iniciativas de clubes como Sport, Bahia e Fluminense. Os pernambucanos mobilizaram seus torcedores e até levantaram algum dinheiro promovendo uma partida virtual entre os times campeão do Brasileirão de 1987 e da Copa do Brasil de 2008. O Bahia conseguiu o mesmo comercializando a reprise da conquista do Campeonato Brasileiro de 1988. E o Fluminense com a reapresentação da decisão do Campeonato Carioca de 1995 e o famoso gol de barriga de Renato Gaúcho.

Enquanto isso o Santos ocupou o noticiário com uma briga sem precedentes entre um grupo de jogadores que não aceita redução nos salários e um presidente desarvorado, que resolveu cortar dos atletas logo 70%. Faltou bom senso. Faltou criatividade. Não é uma situação fácil, obviamente. Mas com diálogo e inteligência soluções poderiam ser buscadas para que as duas partes não fossem tão prejudicadas como foram, os jogadores na grana, o clube na imagem. E qual seria essa solução???

É aí que entra a diretoria de marketing. São caras cheios de cursos no exterior e muito bem pagos para agir numa hora como essa.

Lamentavelmente o caso do Santos é predominante no futebol brasileiro. A grande maioria dos dirigentes falta capacidade e sobra incompetência. Quando a bola entra graves problemas são encobertos. Quando a bola não entra esses problemas emergem. E quando a bola está parada pior ainda.

Até a próxima.

E fiquem em casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019