Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Com aumento no número de participantes, Equador não terá rebaixamento direto

LigaPro Banco Pichincha Serie A passará de 12 clubes em 2018 para 18 em 2021, além de ter fórmulas de disputa diferentes por três anos seguidos

*Por Vinicius Fernandes

A temporada 2020 da LigaPro Banco Pichincha Serie A, nome oficial do Campeonato Equatoriano, teve mudança na fórmula de disputa em relação ao ano passado e será a última com 16 participantes.

Leia mais: Veja como está a Copa Sul-Americana 2020
Veja como estão os campeonatos nacionais pela América do Sul

Depois do ocorrido na temporada de 2019 (a primeira em que a competição passou de 12 para 16 clubes), onde após turno e returno (30 rodadas), aconteceram as fases de mata-mata (quartas, semi e final) e o campeão acabou sendo o Delfín, aliás de forma inédita, apenas o quarto colocado na fase classificatória, os dirigentes mudaram a fórmula de disputa para este ano.

Em 2020 haverá a realização de dois turnos independentes e o vencedor de cada se garante na final do campeonato (realizada em ida e volta), além de vaga na Copa Libertadores da América de 2021. Caso uma mesma equipe vença os dois turnos será declarada campeã diretamente. Assim também será se um dos ganhadores de turno ficar em uma das duas últimas posições na classificação geral.

Além de campeão e vice, os dois primeiros times da classificação geral disputarão as fases prévias da próxima Libertadores e os três clubes subsequentes se classificarão à Copa Sul-Americana de 2021, assim como o melhor colocado da Copa do Equador.

Quanto ao rebaixamento, as duas equipes que ocuparem as últimas posições da classificação geral disputarão, em partidas de ida e volta, a permanência na elite em playoffs contra dois times que virão da Série B (que passou de 12 para 10 associações), pois não haverá descenso direto, uma vez que a Liga informou que a partir de 2021 (para descontentamento de várias agremiações) serão 18 participantes na elite do futebol equatoriano. O clube que ocupar a 15ª posição da Série A jogará contra o clube que ficar na 4ª posição da Série B, enquanto que o 16º da Série A confrontará o 3º colocado da Série B.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019