Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Com um a menos, Santos toma pressão e vence Libertad de maneira heroica

santos-libertad-sul-americana-futebol-latino-1-12-08
Foto: Divulgação/Conmebol

Em uma partida que teve emoção até os últimos minutos, o Santos largou na frente do Libertad pelas quartas de final da Copa Sul-Americana ao vencer por 2 a 1 na Vila Belmiro mesmo com a expulsão do defensor Kaiky no início do segundo tempo. Agora, o time da Baixada Santista joga por um empate no confronto decisivo marcado para às 21h30 (de Brasília) na próxima quinta-feira (19) em Assunção.

Soccer 300x250

Leia mais: Com gol no fim do jogo, LDU vence o Athletico-PR na partida de ida da Sul-Americana
Vidal recebe multa da Conmebol por crítica na Copa América

Primeiro tempo

O Santos aplicava bem sua estratégia habitual sob o comando de Fernando Diniz em reter por mais tempo a posse de bola e buscar os espaços na base das tabelas e triangulações que encontravam uma forte linha de marcação paraguaia. Porém, foi por parte dos visitantes que veio o primeiro grande lance quando o lateral-esquerdo Vangioni lançou de maneira espetacular Sebastián Ferreira que bateu cruzado e viu João Paulo fazer excelente intervenção.

Com o jogo cada vez mais se concentrando sob a ótica do que o Peixe faria com a ampla dominância na posse, o Libertad tentava aproveitar suas poucas chances na intermediária ofensiva e voltou a assustar João Paulo no chute de média distância dado por Bocanegra. Enquanto isso, o time brasileiro também conseguiu, com Jean Mota, ser bastante perigoso após enfiada de bola precisa de Gabriel Pirani onde o meio-campista tentou bater de perna esquerda, tirando de Martín Silva, mas o arqueiro ex-Vasco defendeu muito bem.

Dentro das propostas de jogo que não se alteraram, a falta de eficiência dos dois ataques, além das boas aparições dos arqueiros quando necessário, pareciam fazer com que o marcador na Vila Belmiro não se alterasse até o intervalo.

Entretanto, já aos 40 minutos, a arbitragem foi acionada pelo Árbitro de Vídeo onde um toque de mão dentro da área do zagueiro Diego Viera foi interpretado pelo árbitro uruguaio Leodán González como penalidade. Na batida, Carlos Sánchez encheu o pé do lado esquerdo da meta onde Martín Silva até pulou e acertou o canto, mas não chegou a tempo de evitar a abertura do marcador.

Banner-Cyber-Bet-300-250-interna-Futebol-Latino-13-07

Segundo tempo

A etapa complementar começou de maneira semelhante ao primeiro tempo sendo que o Peixe demonstrava mais volume de jogo e parecia se aproximar da chance de aumentar sua vantagem. Mas, no intervalo de cinco minutos, o panorama mudou drasticamente e de maneira favorável ao Gumarelo.

Em contra-ataque com novo lançamento de Vangioni, dessa vez para Melgarejo, o avante ia saindo na cara de João Paulo quando Kaiky puxou o adversário e recebeu o cartão vermelho direto. E, na batida de falta quase na altura da meia-lua, Bocanegra mostrou a conhecida habilidade na batida ao mandar no extremo canto esquerdo do goleiro santista.

Com a nova formatação da partida, o Alvinegro Praiano bem que tentou se reorganizar para manter sua forma de atuar e até conseguiu ser perigoso na batida de primeira com Felipe Jonathan após lance de Lucas Braga. Todavia, com o avanço do duelo para sua reta final, o aspecto físico parecia cada vez pesar mais para o Santos e o Libertad tentava se aproveitar aumentando o poderio ofensivo com as entradas de Iván Franco e Óscar Cardozo nas vagas dos meio-campistas Ramón Martínez e Villalba.

Aumentando o nível de pressão na saída de bola, os paraguaios iam criando cada vez mais problemas para o time brasileiro começar a montagem de suas jogadas onde o Peixe se retraia e tentava, ao menos, segurar o marcador de igualdade. Mas, já aos 47 minutos e contra o que soava o rumo do jogo, Lucas Braga disparou em velocidade pelo lado esquerdo superando a marcação e cruzou rasteiro onde Marcos Guilherme apareceu de surpresa, mas foi o zagueiro Barboza que tocou contra a própria meta e sacramentou a vitória dos anfitriões na Vila.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©

error: Futebol Latino 2019