Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Como os jogadores de futebol investem seu dinheiro?

como-os-jogadores-de-futebol-investem-seu-dinheiro-Futebol-Latino-20-04
Foto: Denis Charlet/AFP

Muito se fala na questão de que, dentre as carreiras profissionais, o futebol é uma atividade de curta duração. Isso porque, começando no período da adolescência, o atleta pode atuar em alto nível na atualidade, no máximo, até os 32, 33 anos de idade na grande maioria dos casos. Salvo, obviamente, algumas privilegiadas exceções. Por isso, aplicações como a IQ OPTION, por exemplo, surgem como uma boa medida para não apenas preservar o patrimônio, mas também aumentá-lo.

Leia mais: Ex-jogador colombiano afirma que indicou Armani ao Boca Juniors
Malcom brinca sobre motivo de lesões no Barcelona

Entretanto, outros nomes de jogadores de futebol nascidos ou que atuam na América Latina preferem seguir caminhos diferentes e, com isso, optam por aplicações em ramos mais tradicionais como o estabelecimento de empreendimentos comerciais ou a locação de imóveis.

Pensando na variedade de alternativas e como isso pode afetar na sua própria escolha de entrar na área de investimentos do mercado financeiro, montamos uma lista de quatro nomes que já revelaram como fazem seu dinheiro gerar mais dinheiro.

Kaká

Caracterizado por ser um atleta que fugiu ao esteriótipo de poucas oportunidades de estudo, o ex-jogador de São Paulo, Milan, Real Madrid e Orlando City aproveitou a privilegiada criação para investir seu dinheiro sempre em negócios que ele compreendeu o funcionamento. Ele contou em entrevista dada no mês de julho de 2019, aliás, que se arrepende de ter aplicado uma quantia em negociação da qual não entendeu em COE (operações estruturadas) sendo esse o principal motivo para ele analisar bem antes de aplicar suas finanças.

Marcelo Lomba

Se em campo o goleiro do Internacional tem a missão de proteger a meta do time gaúcho, fora dele o seu posicionamento como investidor é frontalmente oposto. Isso porque, adepto da renda variável e com riscos mais elevados, ele se reconhece como sendo bastante agressivo nesse sentido em palavras ditas ao portal InfoMoney: “Gosto da renda variável, é um prazer que eu tenho, é hobby de ir aprendendo sobre as empresas, o que está barato e o que está caro. No começo, nossos pais, até por tradição recomendavam imóveis, mas você começa a ver que não é uma boa escolha. Daí você vê que outros atletas tiveram problemas ao dar dinheiro na mão de alguém para operar. Então eu comecei a querer ter a capacidade de gerir meu próprio dinheiro.”

Messi

O argentino do Barcelona eleito por seis vezes o melhor jogador do planeta tem uma característica mais conservadora em seus investimentos do que os arrojados dribles dados dentro das quatro linhas. Isso porque, apesar de em 2017 ele ter se tornado embaixador da Sirin Labs, empresa ligada ao mercado de bitcoins, ele tem uma ampla gama de imóveis adquiridos como, por exemplo, um hotel de quatro estrelas e 98 quartos localizado na cidade de Mallorca, na Espanha.

Neymar

Um dos atletas mais bem pagos do planeta, o atacante do Paris Saint-Germain optou pela área de investimentos na bolsa como conta o educador financeiro Thiago Nigro, educador financeiro e youtuber fundador do projeto O Primo Rico. Em 2018, o atleta deu uma entrevista dizendo que seu pai e empresário sempre fez questão de montar uma gama de aplicações para que o filho pudesse se concentrar somente em jogar futebol.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019