Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Confira a história da taça da Copa América

Criado entre os anos de 1916 e 1917, o objeto foi confeccionado pela joalheria e relojoaria Casa Escasany, em Buenos Aires
favoritos-a-participar-de-copa-america-no-brasil-sao-delimitados-pela-conmebol-Futebol-Latino-10-05

*Por Juliano Rangel

Neste domingo (07), Brasil e Peru duelam pelo título da 46ª Copa América, mas você conhece a história do troféu desta competição que uma das mais antigas da do futebol mundial? Pois é, até hoje a competição conta com a mesma taça, que só foi substituída na disputa da Copa América Centenário, realizada em 2016, nos Estados Unidos.

Leia mais: Em duelo marcado por expulsão de Messi, Argentina fica com o terceiro lugar da Copa América

Por onde anda Negueba, ex-Flamengo, São Paulo, Coritiba e Grêmio

O Futebol Latino preparou um resumo da história deste verdadeiro amuleto que já foi erguido por oito países sul-americanos ao longo deste mais de 100 anos de disputas.

Criado entre os anos de 1916 e 1917, o objeto foi confeccionado pela joalheria e relojoaria Casa Escasany, em Buenos Aires, sob encomenda do Ministério das Relações Exteriores da Argentina para ser doado à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

O troféu é feito de prata e contém uma base de madeira que foi adicionada em 1979. De posse transitória, o objeto não fica de forma definitiva com a seleção campeã do torneio.

Na primeira edição da Copa América, em 1916, o troféu não foi entregue, mas para segunda edição, um ano depois, a Conmebol resolveu encomendar a taça que ficou com o Uruguai. Ao longo do tempo, o objeto passou por restaurações e recebeu a inclusão das plaquinhas com os nomes das seleções campeãs.

TAÇA EXCLUSIVA PARA A EDIÇÃO CENTENÁRIA

Para a Copa América Centenário, disputada em 2016, nos Estados Unidos, a Conmebol contou com a parceira da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (Concacaf) e um troféu especial foi encomendado.

Projetado por Epico Studios nos Estados Unidos, ficou a cargo da Thomas Lyte a fabricação do Troféu Copa América Centenário. Feito com uma base de metal, com um acabamento interno de prata esterlina e banhado em ouro de 24k. Com 61 centímetros de altura, o troféu pesa cerca de 7,1 quilos.

Conquistado pela seleção chilena, que ficou com sua posse definitiva, a taça que fica exposta no museu da Federação de Futebol do Chile.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019