Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Confira o retrospecto do Brasil contra as seleções do seu grupo na Copa

Veja como a Seleção Brasileira costuma se sair quando mede forças com a Costa Rica, Sériva e Suíça

Quem fez apostas online  no mês passado, terá notado que o sorteio para a Copa do mundo de 2018 apresentou o Brasil no mesmo grupo que Suíça, Costa Rica e Sérvia. Este é indiscutivelmente um dos grupos mais difíceis, mas um pelo qual o Brasil deve passar para chegar à fase eliminatória.

A Suíça provavelmente será o adversário mais difícil do Brasil no grupo. O time europeu conseguiu conquistar 27 pontos impressionantes de um total de 30, mas perdeu a qualificação automática na diferença de gols. Felizmente para eles, uma estreita vitória de 1 a 0 contra a Irlanda do Norte nos jogos finais fez com que eles acabassem por se classificar para o torneio. Em torneios recentes, a Suíça conseguiu obter resultados impressionantes contra os “times maiores”, como empates com a França e uma vitória impressionante de 1 a 0 em 2010 contra a então campeã Espanha. Houve 8 jogos entre as duas seleções. O Brasil ganhou 3, a Suíça venceu 2 e os outros três terminaram em empate. Considerando o registro acirrado entre as duas seleções, parece que este jogo será bastante contestado, mas também um jogo fantástico para dar início aos jogos do grupo.

A seleção da Costa Rica vem se aprimorando lentamente no cenário internacional desde a década de 1990. Depois de fazer sua estreia nas Copas do mundo em 1990, a seleção só não participou de três Copa do Mundo desde então (1994, 1998 e 2010). A seleção da América Central também chegou regularmente às quartas de final da Copa ouro e venceu a Copa Centroamericana oito vezes. Esse sucesso significa que a Costa Rica se preparou para ser muito competitiva e uma das seleções mais bem-sucedidas da história do futebol da América Central. Na Copa do Mundo de 2014, o time da CONCACAF conseguiu ficar em primeiro lugar no seu grupo, apesar de ter sido sorteada com a Inglaterra, a Itália e o Uruguai. Apesar de ter causado problemas para os times na Copa do mundo anterior, o Brasil deve ter o suficiente para registrar uma vitória, especialmente quando se tem em conta a comparação acirrada entre os dois países. Houve 10 jogos entre os dois países. O Brasil ganhou nove deles e Costa Rica ganhou um. A única vitória da Costa Rica foi um 3 a 0 em 1960 no Campeonato Pan-americano.

A outra equipe europeia, a Sérvia, é provavelmente a equipe mais fraca do grupo. Embora os sérvios tenham ficado em primeiro lugar no seu grupo de qualificação, eles terminaram com o menor total de pontos entre os vencedores dos grupos.

O grupo de qualificação deles pode ter sido “mais brando” em comparação com outros, mas eles chegaram à Copa do mundo através do próprio mérito e por isso merecem estar lá. Embora possam ser “mais fracos” em comparação com o Brasil, não há jogos fáceis na Copa do Mundo. Só houve um jogo entre as duas nações e ele ocorreu em 2014. O Brasil venceu o jogo por 1 a 0, graças a um gol de Fred aos 58 minutos de jogo. Apesar de ser um dos jogos mais fáceis do Brasil, os jogadores ainda terão que encontrar um caminho para passar pela sólida defesa.

Em teoria, o Brasil deve avançar para a fase eliminatória se conseguir os resultados esperados. Não há jogos fáceis na Copa do Mundo, mas se o Brasil continuar a se apresentar como fez durante a fase de qualificação da CONMEBOL sob o comando de Tite, os torcedores brasileiros podem se sentir confiantes em continuar na competição após a fase de grupos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019