Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Confira uma lista de jogadores que adoram cassinos

coluna-fl-bastidores-da-bola-rodrigo-sturaro-20-08-Futebol-Latino-20-08
Foto: AFP

É natural que os casinos sejam um passatempo muito popular dos jogadores de futebol, uma vez que são profissionais que normalmente têm dinheiro extra para gastar.

Leia mais: Ronaldo Fenômeno entra na briga por atleta que foi cobiçado na América
Fechou! Matuidi se torna primeiro reforço badalado do Inter Miami

Em alguns países, o jogo é ilegal para os profissionais, especialmente no que diz respeito às apostas desportivas, mas, em geral, são muitas as histórias de atuais e antigos jogadores de futebol que gostam de apostar. Além disso, se não pode ir a um cassino, pode sempre optar por um virtual, que cada vez são mais confiáveis e seguros, como pode conferir em https://slothits.com/quality-casinos/casino-sieger/.

Cristiano Ronaldo

Há algo que Cristiano Ronaldo não consiga fazer? O jogador português, além de colecionar prêmios e recordes individuais dentro das quatro linhas, é também um conhecido admirador de pôquer. E, segundo rezam as histórias, é um ótimo jogador de póquer. Cristiano Ronaldo já foi visto passando férias em cassinos, mas também já participou em torneios de pôquer, especialmente em eventos especiais de caridade.

Mario Balotelli

O avante italiano Mario Balotelli tem uma vida extra-futebol que sempre dá o que falar, envolvido em várias polêmicas. Além disso, Balotelli é também conhecido por uma faceta de “bon-vivant”, de quem gosta de viver a vida. Em 2011, o seu nome apareceu na mídia de todo o mundo depois de, supostamente, ter ganho uma pequena fortuna na roleta de um cassino em Manchester. E diz a lenda, ainda, que ele deu uma gorjeta de 1000 libras (equivalente hoje a R$ 7 mil) a um empregado e a um sem-teto logo na saída do cassino.

Wayne Rooney

Com passagem recente na Major League Soccer (MLS), o inglês Wayne Rooney talvez goste até demais de ir ao casino. Pelo menos, foi essa a opinião da sua esposa, Coleen Rooney, que o obrigou a manter-se afastado dos cassinos de tal forma que o atleta pediu a sua interdição das casas de jogo. Durante a sua estadia nos Estados Unidos, era costume verem Wayne Rooney ir se divertir nos casinos de Las Vegas.

Ronaldinho Gaúcho

Ronaldinho Gaúcho é outro dos jogadores que nunca escondeu o seu prazer em viver a vida intensamente. Entre polêmicas e outras histórias que encheram os tabloides, o brasileiro também é um fã de cassinos. Consta que o ex-jogador é um adepto da roleta, mas também do póquer, tendo inclusive participado em eventos de angariação de fundos.

Zlatan Ibrahimovic

Não existe jogador profissional com um ego maior do que o sueco Zlatan Ibrahimovic. Conhecido por suas tiradas únicas, Zlatan passou a aparecer na casa de apostas online Bethard, radicada na sua terra natal, a Suécia. No entanto, o próprio já admitiu publicamente que também gosta de jogar e de apostar. Se for tão bom no casino como é dentro das quatro linhas, então temos um belo jogador.

James Maddison

O jogador do Leicester é um conhecido amante de casinos e a sua ida a uma dessas casas em Leicester repercutiu bastante junto a imprensa esportiva do Reino Unido. E a causa, aliás, não foi o dinheiro ganho ou perdido por James Maddison nem tão pouco o fato de estar apostando. A polêmica ocorreu, na verdade, porque o jogador havia acabado de ser dispensado de uma convocação por parte da seleção inglesa por lesão, sendo visto na mesma noite se divertindo no cassino.

Michael Ballack

O ex-jogador alemão tem uma casa de férias em Portugal onde costuma passar o verão. Por isso, Michael Ballack é visto regularmente no casino de um resort turístico divertindo-se da melhor forma durante o seu tempo livre. Não há nada como a combinação férias, sol e cassino.

O casino é um entretenimento que deve ser encarado precisamente pelo que é: uma diversão sem comparação. É um erro ir a um casino com o intuito de ganhar dinheiro. Obviamente que fazer dinheiro facilmente é um extra importante, mas uma ida ao casino deve ser sempre feita da mesma forma com que vamos ver um espetáculo ou sair com os amigos.

É que ir ao casino apenas com o intuito de fazer dinheiro raramente corre bem. Esse estado de espírito tende a toldar o espírito, levando-nos a apostar e a jogar mais com a emoção do que com a razão. E, em vez de ganhar dinheiro, acabamos por o perder todo. Obviamente que um casino é muito mais divertido quando temos dinheiro para, por isso é que também não devemos ir apostar quando estamos mal de finanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *