Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Conheça o time que tentou levar a Libertadores com Maradona e Batistuta

Perfil-FL-Gabriel-Batistuta-clubes-Futebol-Latino-27-01
Foto: Andy Hooper

No fim dos anos 90, o Barcelona de Guayaquil sonhava em figuras os primeiros lugares não só do Equador, mas da América do Sul, já que existia na diretoria o pensamento de faturar o tão cobiçado título da Libertadores.

Leia Mais: Revelação sul-americana renova contrato e frustra gigantes da Europa
Vai jogar? Após recomendação, River Plate analisa jogo contra o São Paulo



Na época, o clube era gerido por Adbala Bucarám, que chegou a quitar algumas dívidas administrativas e investiu o seu dinheiro para montar um grande esquadrão.

A primeira ação do dirigente foi buscar grandes nomes e os escolhidos foram Diego Maradona e Gabriel Batistuta. Se o primeiro vivia a reta final da carreira, o atacante estava no auge e ganhava fama com a camisa da Fiorentina.

Apesar das investidas, o Barcelona de Guayaquil não conseguiu contratar as duas peças, mas o time de Adbala Bucarám cumpriu o seu objetivo e levou o Campeonato Equatoriano de 1997.

Libertadores

O projeto Libertadores da América quase veio na temporada seguinte. A equipe chegou a grande final, mas acabou superado pelo Vasco da Gama, que tinha um dos maiores times da sua história e venceu os dois jogos da final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *