Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Conmebol relembra escorregão que marcou a final da Liberta 2013

Foto: Reprodução/Libertadores

Em 2013, Olimpia e Atlético-MG protagonizaram uma das finais mais eletrizantes da Libertadores da América. Depois de muita emoção, o Galo levou a melhor diante do Decano e faturou a taça continental pela primeira vez na história.

Betwinner

Leia Mais: TOP 5 de sul-americanos que decepcionam na Premier League
Conheça o jovem que é considerado o novo Robinho do futebol mundial



Porém, apesar de toda a festa do time brasileiro, a história daquela temporada poderia ser diferente caso Juan Carlos Ferreyra não tivesse falhado na hora H.

Após vencer a ida por 2 a 0, o Olimpia chegou ao Mineirão com uma vantagem confortável. Nos minutos finais, o Decano perdia por 1 a 0 e suportava o abafa do Atlético-MG. Era o necessário para sair de campo com o tetra continental.

Aos 38 do segundo tempo, depois de nova rebatida da zaga paraguaia, Juan Carlos Ferreyra foi lançado, driblou Victor e ficou com o gol aberto. Na hora de finalizar, o atacante resolveu ajeitar a bola e perdeu o equilíbrio.

Pouco tempo depois, Leonardo Silva achou o segundo gol do Atlético-MG, levou a decisão para os pênaltis e viu o Galo sacramentar a conquista.

Confira o lance:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019