Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Cria da base do Grêmio fala em “adaptação muito boa” no México

cria-da-base-do-gremio-fala-em-adaptacao-muito-boa-no-mexico-Futebol-Latino-04-03
Foto: Divulgação/Cafetaleros

O zagueiro Lucas Maia atuava pelo São José, clube gaúcho que disputa a Série C do Campeonato Brasileiro, quando aceitou a oportunidade de novamente viver a chance de jogar fora do país. Com isso, o jogador de 27 anos de idade transferiu-se no início do ano para o Cafetaleros, time da cidade de Tuxtla Gutierrez que disputa a Ascenso MX.

Leia mais: Lembra dele? Aristizábal fica revoltado e dispara contra clubes da Colômbia na Libertadores
Lateral do Cruzeiro comenta mudança drástica na vida em dois anos

Ainda vivendo o que pode ser chamar o início do processo de adaptação, Lucas entende que tem conseguido se ambientar bem ao novo plantel e a vida no país.

“As primeiras semanas no México foram tranquilas, não houveram dificuldades para interagir com o grupo. O contato anterior com a língua espanhola facilitou o contato. Então a adaptação também foi muito boa. No começo acabei sentindo um pouco a diferença da intensidade nos trabalhos e nos jogos, mas depois fui pegando o ritmo”, explicou.

O clube apresentou o brasileiro em janeiro e, logo em seguida, ele já teve a chance de fazer a sua estreia com a camisa do Cafetaleros contra o Monarcas, pela Copa MX. Desde então, o zagueiro tornou-se uma das principais peças do elenco, tendo disputado os 90 minutos em sete dos oito jogos que o clube jogou a partir da chegada do atleta. Algo que, naturalmente, faz com que ele veja com bons olhos o ganho de confiança que essa sequência proporciona.



“Vejo como um bom começo, porque é sempre difícil chegar num clube novo, em um país diferente e já conseguir espaço. Mas me preparei pra isso, porque antes mesmo de chegar busquei manter a preparação, para quando chegar ter boas condições físicas”, disse o zagueiro.

Além do espaço que conquistou, o jogador formado no Grêmio e com passagem pelo Resende no Brasil além do Vejle (Dinamarca) e o Birkirkara (Malta) teve um momento marcante com a camisa do clube mexicano. Na sua partida de estreia, Lucas marcou um dos gols na vitória do Cafetaleros por 4 a 1.

“Não tem nada melhor que estrear com uma grande vitória em casa e também um gol. Foi um momento especial”, garante.

Depois de sete jogos com todos os minutos jogados, o jogador já consegue perceber características do futebol local e comentou a recepção do povo mexicano:

“Uma característica que me chamou a atenção foi a intensidade de como eles jogam, do começo ao fim dos jogos. O nível é muito bom. Fora de campo, é um país de pessoas muito receptivas e dispostas a ajudar.”

O próximo desafio do atleta pelo clube mexicano é contra o Alebrijes pela Ascenso MX no próximo sábado (7) às 22h (horário de Brasília).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019