Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Cruzeiro recebe fortes críticas do empresário de Felipão

cruzeiro-recebe-fortes-criticas-do-empresario-de-felipao-Futebol-Latino-13-10
Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Entrevistado pela Rádio Grenal, o empresário de Luiz Felipe Scolari, Jorge Machado, não poupou críticas a situação do Cruzeiro, clube o qual seu agenciado trabalhou no Brasil antes de construir sua passagem mais recente pelo Grêmio.

Leia mais: Barcelona visa receber ao menos R$ 191 milhões por Philippe Coutinho
Jovem atacante da MLS confessa ter predileção pelo Real Madrid

Segundo as afirmações do empresário, a situação do clube atingiu um nível tão crítico que gastos básicos como alimentação e passagens para a delegação viajar chegaram a ser custeadas por Felipão.

Além disso, Jorge Machado também pontuou que não apenas a parte do futebol (comissão técnica e atletas) sofreram com os seguidos atrasos salariais, mas também os mais diversos setores do Cruzeiro. Ao ponto de Scolari, ouvindo a situação de pessoas com vencimentos muito menores do que os jogadores, chegou também a colaborar financeiramente com elas.

“O Cruzeiro está totalmente quebrado, não tenho nenhum receio de falar, eles não cumpriram nada, mentiram, foi uma diretoria mentirosa, falaram que bancariam o Felipão e a situação do plantel, mas o clube ficou com salários atrasados, falta de pagamento de funcionários, teve época que o Felipão teve que entregar do próprio bolso para pagar passagens para os jogadores viajarem. Salários atrasados, dificuldade financeira, falta de contratação porque impediram o Cruzeiro por falta de pagamentos pelos processos na Fifa. Para você ter uma ideia, chegou a ter falta de alimentação na concentração. Até funcionários do clube, cortadores de grama, cozinheiros, todos reclamavam com Felipão sobre salários atrasados, dificuldades que estavam na família,recebendo a ajuda do Felipão”, disse o empresário.

Banner-Cyber-Bet-300-250-interna-Futebol-Latino-13-07

Machado também pontuou que o atual presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues, não é um dos maiores culpados pelas condições atuais da equipe mineira e ressaltou que Felipão decidiu por deixar o clube assim que sentiu ter cumprido a missão de se livrar do risco de queda para a Série C, objetivo inicial de seu trabalho:

“Quando ele livrou o Cruzeiro da Terceira Divisão, ele foi chamado para fazer um planejamento para o outro ano, e o Felipão pediu o boné e saiu. (…) O objetivo era livrar o Cruzeiro no primeiro ano, que o time estava horroroso, fez uma campanha para chegar ao G4 e, no segundo ano, subir. Como ele conseguiu escapar da Terceira Divisão muito antes do tempo previsto, as cobranças começaram a vir.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©

error: Futebol Latino 2019