Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Defensa y Justica vira pra cima do Coquimbo Unido e fará final argentina na Sul-Americana

Defensay-Justicia-Coquimbo-Unido-Sul-Americana-Futebol-Latino-16-01
Foto: Divulgação/Conmebol Sul-Americana

Esbanjando poder de reação e qualidade técnica, o Defensa y Justicia transformou uma derrota nos primeiros minutos de jogo contra o Coquimbo Unido pela semifinal da Sul-Americana em uma exemplar classificação para a final do torneio. Isso porque, virando o marcador para 4 a 2 no estádio Norberto Tomaghello, o time dirigido por Hernán Crespo desenhou a final do próximo dia 23 de janeiro na cidade de Córdoba contra outro clube argentino, o Lanús.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia mais: Tevez vê remanescentes do Manchester United de 2008 se reduzir
Victor Cedrón se mostra ansioso por primeira Libertadores no atual clube

Primeiro tempo

Em confronto onde a marcação mais concentrada e aplicada do Coquimbo se destacava nos primeiros minutos, um excelente passe dado de calcanhar para Joe Abrigo no lado esquerdo do ataque resultou em cruzamento onde a zaga argentina não fez o corte definitivo. Assim, Rubén Farfán teve tempo e espaço para dominar, levantar a cabeça e bater em gol, contando com o desvio de Héctor Martínez antes de estufar as redes aos oito minutos.

Porém, sem deixar o ânimo ser um obstáculo muito grande na busca pela necessária virada, o Defensa rapidamente chegou a igualdade em grande lance individual de Brian Romero. Avançando com muita velocidade pelo lado esquerdo onde deixou dois marcadores para trás, ele adentrou a grande área e cruzou para Francisco Pizzini, praticamente sem goleiro, só empurrar pro fundo da meta adversária.

Com o marcador igualado, começou a sobressair a qualidade técnica da equipe dirigida por Hernán Crespo onde o segundo tento do Halcón veio quando o cruzamento vindo da esquerda passou por Romero, mas não por Valentín Larralde. O camisa 35 não apenas salvou a bola como deu uma assistência, tocando na pequena área para Braian Romero colocar 2 a 1 no marcador de Florencio Varela.

Três minutos depois, o resultado que já era favorável ficou ainda mais confortável quando o Defensa y Justicia construiu uma linda trama ofensiva onde foi envolvendo a marcação adversária até Walter Bou tocar de maneira espetacular em profundidade para Romero. O avante ficou cara a cara com o goleiro Matías Cano e bateu rasteiro, levando os jogadores e o próprio Crespo ao delírio. A dupla onde Bou deu a assistência e Braian Romero bateria na saída de Cano se repetiria aos 44 minutos, deixando o time argentino a um passo da decisão continental.

Segundo tempo

A volta do intervalo desenhou o mais que esperado roteiro onde o Coquimbo Unido se lançou de maneira quase que total nas linhas de marcação buscando a reação enquanto o Halcón, dono de uma boa vantagem, tentava administrar ao máximo sua condição.

Situação essa que foi amenizada aos 17 minutos no bonito lance onde Jorge Gática deu bom passe na velocidade e Lautaro Palacios bateu de bico, por baixo de Ezequiel Unsain. As esperanças do time de Coquimbo por uma reação de tom épico seguiam vivas.

Enquanto quem havia sido avassalador depois de sair atrás do marcador passou a se defender, os chilenos insistiram na filosofia mais ousada por absoluta necessidade. Porém, a ampla distância aberta no primeiro tempo foi um diferencial considerável e a qualificação do Defensa y Justicia foi ratificada no apito final do árbitro colombiano Andrés Rojas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©