Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Defensa y Justicia surpreende e conquista virada sobre o Sportivo Luqueño pela CONMEBOL Sul-Americana

Braian-Romero-Sportivo-Luqueno-x-Defensa-y-Justicia_28_10_2020
(Foto: Divulgação/ Defensa y Justicia)

*Por Danilo Di Grado

Em confronto realizado no estádio Luis Alfonso Giagni, Sportivo Luqueño e Defensa y Justicia se enfrentaram em partida de ida válida pela segunda fase da CONMEBOL Sul-Americana, na noite desta quarta-feira (28).

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia Mais: Sol de América enfrenta, no Paraguai, a Universidad Católica
Chileno: Colo-Colo apenas empata e risco de queda aumenta


Com o resultado final de 2 a 1, a equipe argentina poderá jogar agora por um empate, com ou sem gols, para classificar-se às oitavas de final. O duelo da volta está marcado para o dia 4 de novembro, no estádio Norberto Tomaghello, às 19h15 (de Brasília).

O jogo

Jogando sob seus domínios, o Sportivo Luqueño sabia da necessidade de não ceder espaços ao time do Defensa y Justicia. Com isso, logo nos primeiros minutos da etapa inicial, a equipe paraguaia surpreendeu os argentinos no golaço marcado por Aldo Vera, que acertou um lindo chute do meio-campo, encobrindo o goleiro Luis Unsain. 1 a 0.

Na sequência, a equipe visitante partiu pra cima em busca do tento de igualdade. Conseguindo aparecer mais em seu campo de ataque, Marcelo Benítez e Gabriel Hachen bem que tentaram criar, porém ambas as chances não surtiram efeito até meados dos 25 minutos.

Após o golaço marcado, Aldo Vera chegou a fazer mais, porém desta vez foi contra ao 31 minutos. Com isso, a equipe do Defensa aproveitou o embalo para tentar encontrar a virada antes do término do primeiro tempo, mas esbarrou na falta de sorte de Juan Rodríguez, Francisco Pizzini e Eugenio Isnaldo, levando o resultado para os vestiários.

Mesmo com a modificação por parte do Luqueño, com a saída de Gaona Lugo para a entrada de Andrés Duarte, quem seguiu melhor em campo foi o time argentino. Sendo assim, os comandados de Hernán Crespo, aos 10 minutos, conseguiram a virada no placar com Braian Romero, com assistência de Gabriel Hachen, fazendo 2 a 1.

Na sequência, com uma série de substituições por ambos os comandantes, o panorama do confronto basicamente manteve-se igual. Pelo lado dos paraguaios, o foco era manter-se atento às investidas do rival, que, por sua vez, dava muito trabalho ao goleiro Dante Campisi.

Até os minutos finais, a situação ficou ainda mais complicada para o time do Sportivo. Aos 41 minutos, Jorge Ortega acabou recebendo o cartão vermelho, fazendo com que o Defensa apenas administrasse o tempo com direito a algumas trocas, conseguindo levar um bom resultado para a Argentina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©