Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Print

Diretoria do River Plate lista alguns nomes para substituir Gallardo

Caso o treinador atual opte por deixar o clube em janeiro, a gerência do Millonario escolheu quatro opções para assumir o posto

Considerado por muitos o maior técnico da história do River Plate, Marcelo Gallardo vê crescer os rumores que o seu futuro está ligado ao futebol europeu a partir de 2020, já que alguns clubes começam a cogitar o seu nome.

Leia Mais: Gesto contra a própria torcida pode custar caro a técnico do Colo-Colo
Ex-Cruzeiro, Lucas Silva entra na mira de time classificado para o Mundial de Clubes

Ciente que será uma árdua missão segurar Muñeco, a diretoria do Millonario não fica parada e começa a estudar, mesmo que timidamente, possíveis substitutos para dar sequência ao ciclo vitorioso que o time alcançou nos últimos cinco anos.

Segundo o jornalista Maximiliano Grillo, da TNT Sports, dois nomes aparecem como favoritos: Matías Biscay, atual auxiliar técnico de Gallardo e Germán Burgos, integrante da comissão técnica de Diego Simeone e goleiro do River Plate na década de 90.

Por fora, outros dois nomes de peso, mas que ainda não gozam de tanta simpatia de grande parte da diretoria: Tata Martino, que treina o México e Diego Cocca, treinador do Rosario Central.

Claro que nenhum destes nomes tem negociação em vista com a gerência do River Plate, mas começam a ganhar peso caso Muñeco deixe o comando do clube, situação que, na visão dos diretores, é improvável.